Banner Blog

Revolucione seu conhecimento.

Empreender ou investir: conheça a melhor opção para você!

Em tempos de crise, as pessoas buscam as melhores alternativas para ganhar dinheiro, melhorar de vida e fugir dos impactos negativos do cenário desfavorável. Como já abordamos em artigos anteriores, na crise surgem diversas oportunidades que permitem que você fuja das dificuldades. Duas alternativas muito buscadas são empreender ou investir.

Você sabe qual é a melhor opção para você? Não se preocupe. Preparamos esse artigo para analisar as vantagens e as desvantagens de empreender ou investir para você descobrir o que mais combina com o seu perfil.

Então, vamos lá? Boa leitura!

Antes de mais nada, qual a diferença entre empreender e investir?

Os empreendedores e os investidores têm muito em comum e suas características podem se cruzar em vários momentos. Dessa forma, muitos empreendedores são investidores e vice-versa.

A diferença básica entre o empreendedor e o investidor é em que lugar cada um atua e quais as suas funções.

Podemos definir como empreendedor, aquele que empreende, seja abrindo um negócio ou comprando um já em operação, ou tirando uma ideia do papel e tendo atitudes empreendedoras de forma persistente para atingir suas metas. Portanto, o empreendedor pode ser o fundador ou quem deu sequência ao trabalho do fundador.

Já o investidor busca maneiras de fazer seu dinheiro crescer e trabalhar por si só por meio de investimentos. Vale destacar que existem diversas modalidades de investimento, conforme o perfil de cada um. Seja investir em um negócio, renda fixa, renda variável, imóveis, entre outros. Abaixo abordaremos a modalidade de investimento em negócios para efeito de comparação com a alternativa de empreender.

Geralmente, o empreendedor está diariamente na empresa, tomando decisões e ações estratégias. Já o investidor, geralmente, financia os projetos, mas não se envolve muito no dia a dia do negócio, possuindo apenas participação no capital social e recebendo parte dos lucros. Como foi dito, geralmente é assim, mas nem todos os casos funcionam dessa forma.

Por isso, o empreendedor pode ser investidor ou vice-versa. A diferença está na expectativa de retorno de cada um deles.

Como se decidir entre empreender ou investir?

foto-de-homem-diante-de-seu-computador-em-duvida-entre-empreender-ou-investirEstá na dúvida sobre qual a melhor alternativa para você? Primeiro, você pode avaliar os dois conceitos e definir em qual deles você se encaixa. Pretende estar ligado a um negócio, tomando decisões e ações estratégias? Ou prefere financiar os projetos sem se envolver muito?

Além disso, é preciso analisar mais de perto cada uma das opções para entender como cada uma funciona, as vantagens e os desafios, além dos riscos para escolher aquilo que mais se adequará ao seu perfil.

Uma boa dica é procurar exemplos de pessoas e histórias que envolvem empreendedorismo e investimento para iniciar um processo de autoconhecimento de forma a encontrar aquilo que você mais se identifica.

Seguir o caminho mais adequado para o seu perfil é essencial para tomar uma decisão e aumentar as chances de sucesso, evitando possíveis frustrações futuras. Por isso, gaste um tempo pesquisando e se conhecendo melhor antes de optar por empreender ou investir.

Por fim, lembre-se que na crise surgem oportunidades incríveis tanto para investir como para empreender. Não deixe o medo tomar conta e aja quando ninguém está fazendo nada. Assim, quando toda a crise passar, você já vai sair na frente de quem ficou de braços cruzados.

Quais as vantagens de empreender?

Conforme dados do Sebrae, a maioria dos brasileiros sonha em empreender e ter seu negócio próprio. Ao iniciar um negócio próprio, você consegue investir naquilo que você gosta e se diferencia ou naquela habilidade que você domina para produzir um bem ou serviço que as pessoas irão consumir.

Além disso, ao empreender você buscará trabalhar em algo que realmente gosta e este é o sonho de muitas pessoas, não é mesmo? Com um negócio próprio, você será seu próprio chefe, fará as coisas do seu jeito, terá autonomia para decidir e delegar tarefas, criará produtos, tirará os sonhos do papel, terá liberdade e flexibilidade de horários e poderá aumentar seu nível de felicidade e realização pessoal.

foto-de-homem-diante-de-seu-computador-com-um-braco-para-cima-simbolizando-que-vai-empreenderAo empreender e alcançar o sucesso do seu negócio, é possível obter retornos muito maiores que qualquer aplicação do mercado.

Quais as desvantagens de empreender?

Empreender é maravilhoso, mas nem tudo são flores e temos que ser sinceros com você. Todo dono de um negócio sabe que começar e manter uma empresa saudável não é tarefa fácil. Exige muito comprometimento e responsabilidade além de ser necessário abrir mãos de algumas coisas para focar no trabalho e alcançar objetivos. As vantagens só vão vir como consequência de um bom trabalho.

Ser empresário consiste em trabalhar mais do que oito horas por dia, sacrificar feriados, férias e finais de semana também até que o negócio decole. Isso acaba limitando a criação de outras fontes de renda pela falta de tempo e disponibilidade.

Além disso, abrir uma empresa no Brasil não é simples e existem alguns riscos: taxa de morte de empresas elevada, alta burocracia, muitos impostos e um cenário de instabilidade política e econômica.

Conforme dados do Sebrae, diversos negócios fecham as portas nos primeiros dois anos de vida no Brasil. Por isso, não se iluda que você vai abrir um negócio e enriquecer rápido. Você precisará entender tudo sobre o seu negócio: gestão, finanças, marketing e vendas…

Porém, diante dessas desvantagens, a BuyCo. pode te ajudar a empreender de forma mais segura e assertiva a partir de um negócio em operação que já enfrentou todas as barreiras de começar um negócio do zero.

Quais as vantagens de investir?

Ao investir recursos financeiros sem se envolver muito com o negócio, o tempo dedicado será muito menor, o que não necessita de mudanças radicais na sua rotina, como é o caso do empreendedor que necessita de dedicação quase que exclusiva.

Além disso, ao contrário de empreender em que, geralmente, você está trabalhando com apenas um negócio, ao investir é possível diversificar o que aumenta a segurança do seu dinheiro, já que você pode investir em vários tipos de negócios ou até outras opções de investimento. Assim, quando algo não está bom na sua carteira de investimentos, outra modalidade pode suprir as perdas e você pode focar naquilo que está trazendo maior retorno para você ou te gera maior segurança.

Existe uma infinidade de formas para investir seu dinheiro, sendo possível diversificar em diversas formas, empresas, poupança, títulos públicos, fundos de investimento em renda fixa ou variável são alguns exemplos. Você pode escolher entre os diversos tipos de investimentos, aquele que mais combina com você.

foto-de-pote-com-moedas-em-cima-de-relatorio-simbolizando-alguem-que-vai-investirUma grande vantagem de investir é utilizar tal modalidade como um complemento extra em que você pode continuar exercendo sua função em outras áreas. Assim, se você já empreende, poderá continuar tocando seu negócio.

 

Quais as desvantagens de investir?

Da mesma forma que empreender, investir também apresenta desvantagens. Ao fazer investimentos, não necessariamente você realizará um sonho ou atuará naquilo que te faz feliz.

Além disso, alguns investimentos podem apresentar baixa rentabilidade diante do cenário que estamos vivendo. Por isso, é fundamental estar sempre de olho nos investimentos, acompanhando de perto e pesquisando para conhecer opções cada vez mais rentáveis.

Aplicações de baixo risco geram um retorno consistente e seguro, porém com valores mais baixos. Já as de alto risco geram rentabilidade mais atraente de forma menos segura. Entender cada tipo de aplicação e o seu perfil, além de diversificar, será decisivo para o sucesso no mundo dos investimentos.

Conclusão: qual a melhor opção, empreender ou investir?

A resposta é simples: não existe melhor opção. Tudo depende de você e do seu perfil, por isso, aqui não há resposta certa ou errada. Por isso, como destacamos, é preciso fazer a autoavaliação, além de avaliar as duas modalidades para escolher aquela que você mais se identifica e que vai lhe trazer maior realização pessoal.

Além disso, como vimos, empreender e investir se cruzam em diversos momentos e é possível fazer as duas coisas ao mesmo tempo para aproveitar as vantagens dos dois modelos e mitigar as desvantagens de cada um deles. Assim, você pode ampliar a chance de ver o dinheiro trabalhando por você. Afinal, empreender e investir se atraem e se complementam muito bem!

Entenda seu momento, seu perfil, suas expectativas e o que você realmente quer fazer. Independente do caminho que escolher, se esforce e faça acontecer. Ao investir ou empreender você precisa aprender muito sobre si mesmo, sobre o mercado que irá atuar, aprimorar-se e trabalhar com foco e dedicação rumo aos seus objetivos.

Para quem está iniciando no empreendedorismo ou no investimento, deixo algumas dicas:

– Faça um planejamento e uma estratégia que te prepare para todos os cenários;

– Seja paciente;

– Estude e informe-se sempre. Aprender nunca é demais!

Com tudo isso em mente, você poderá trilhar rumo a tão sonhada segurança e estabilidade financeira, mesmo em meio à crise. Com tudo muito planejado e estudado as chances de sucesso se tornam ainda maiores. Boa sorte e conte com a BuyCo.!

QUERO SABER QUANTO VALE UMA EMPRESA!

anunciar-minha-empresa

Como anunciar minha empresa para a venda?

Múltiplo de EBITDA: o que é e como usar no Valuation

Fluxo de Caixa Descontado (FCD): o que é, para que serve e como calcular