Banner Blog

Revolucione seu conhecimento.

Dicas essenciais para avaliar uma empresa

Se você nos acompanha aqui no Blog, já sabe tudo sobre avaliar uma empresa, não é mesmo? Já temos artigos sobre o que é, os principais métodos, o método BuyCo., as razões e a importância do cálculo, o conceito de valor, os desafios e as dificuldades e até algumas estratégias para valorizar ainda mais sua empresa.

Para que você se torne ainda mais especialista no assunto, preparamos algumas dicas essenciais para avaliar uma empresa.

Então vamos lá? Boa leitura!

O que significa avaliar uma empresa?

A avaliação de empresas, mais conhecida como Valuation, representa o cálculo para estimar o valor de um negócio ou de uma empresa. Isso se dá através de métodos que analisam a situação financeira da empresa e seus planos de crescimento.

Esse é um processo muito importante e conhecido no mundo das finanças, além de muito usado nas médias e nas grandes empresas. Porém, seu uso não se restringe às empresas de maior porte, sendo fundamental no mundo das micro e das pequenas empresas. Isso porque, ao conhecer quanto vale o seu negócio, o dono abre um leque de oportunidades na sua vida empresária.

Com esse valor e mãos é possível entender melhor o desempenho empresarial e tomar decisões mais assertivas, conhecer o valor da sua herança, captar novos sócios e investidores, ter acesso a créditos e financiamentos, propor a compra da parte de um sócio, renegociar as dívidas, precificar e acelerar a compra e a venda da empresa e o mais importante, ter total ciência do valor do seu maior patrimônio. Incrível, não é mesmo?

Porém, chegar nesse valor não é tarefa fácil. Existem diversos métodos e a escolha do mais adequado conforme aos detalhes do seu negócio é fundamental para encontrar o valor mais justo da empresa. Por ser uma projeção, esse valor pode variar conforme os métodos de cálculo, as premissas, as percepções usadas e os responsáveis pela avaliação. Faz sentido, não é mesmo?

foto-de-pessoa-usando-a-calculadora-para-avaliar-uma-empresaAbaixo, listamos algumas dicas que poderão te ajudar e te guiar durante o processo de avaliação de empresas para que o valor encontrado seja o mais preciso possível. Vamos lá?

 

 

Dicas para avaliar uma empresa

Elimine a subjetividade e o viés na hora de avaliar uma empresa

Realizar a avaliação por contra própria não é a melhor opção para encontrar o real valor do seu negócio. Afinal, por motivos óbvios, você, como dono da empresa, está mais ligado e apegado ao negócio, podendo superestimar o valor. E criar uma distância do próprio negócio não é tarefa fácil, não é mesmo?

Por isso, o ideal é a contratação de uma empresa ou de um profissional especializado em avaliação de empresas. Quando feita por profissionais habilitados, experientes, que conhecem de forma profunda o mercado e as melhores técnicas, a avaliação de empresas tende a ser muito mais precisa.

Isso porque, ao contratar um profissional, a avaliação ocorrerá de forma imparcial, isolando ao máximo a imaginação, o achismo, a subjetividade e o viés. Mas a escolha desse profissional ou da empresa encarregada é de extrema importância. Busque pessoas sérias, transparentes, prudentes, com expertise e conhecimentos técnicos e que tenham um histórico de avaliações que as tornem confiáveis e referências no mercado.

Use o método de valuation mais indicado para o seu negócio

Cada método de avaliação de empresas se aplica melhor a cada tipo e a cada porte de negócio ou contexto. Afinal, cada empresa é única e apresenta seus detalhes específicos e conhecê-los é fundamental para escolher o método ideal e encontrar o valor mais preciso. Além disso, indicamos que mais de um método seja usado de forma a encontrar uma análise mais completa e com menor chance de erro. Faz sentido, não é mesmo?

Para ilustrar, vamos pensar em uma startup. Sua avaliação deve se dar, em especial, com base no seu potencial de crescimento e não nos ativos que ela tem. Já uma empresa pequena e nova dificilmente conseguirá projetar seu fluxo de caixa já que não tem históricos para se guiar, por isso esse não seria o melhor método. Viu só como a escolha do método é importante?

foto-de-pessoa-analisando-relatorio-em-prancheta-ao-avaliar-uma-empresaAlém disso, ao usar o método dos múltiplos, que compara a empresa com outra semelhantes, lembre-se que não existem empresas idênticas e busque outros métodos para comprovar o valor encontrado.

 

 

Faça a avaliação de forma periódica

Como vimos acima, a avaliação de empresas abre um leque de oportunidades na vida de um empresário, uma delas é a melhoria na gestão e no desempenho empresarial, além da tomada de decisões mais assertiva.

Por isso, não espere para fazer a avaliação apenas em momento de compra e de venda da empresa, procura por sócios e investidores ou captação de recursos. Ao manter uma avaliação periódica, sua empresa garante uma gestão de qualidade. Afinal, ao realizar a avaliação é feita uma análise completa da saúde financeira da empresa, permitindo encontrar pontos fortes e pontos que precisam ser melhorados.

Tendo esse número sempre atualizado, o gestor consegue acompanhar o desempenho da empresa e avaliar o resultado das decisões tomadas para saber como agir em relação ao futuro. Além disso, ele consegue comparar os números atuais com números anteriores ou com empresas semelhantes de forma a se planejar melhor para obter uma melhor performance e escolher caminhos cada vez mais rentáveis. Legal, não é mesmo?

Ao longo da avaliação, muitos empreendedores descobrem seus produtos mais rentáveis, quais investimentos geram mais retorno, quais gastos podem ser reduzidos e o que pode ser melhorado.

Dessa forma, a tomada de decisões se torna mais assertiva com base em dados sólidos e reconhecendo o que é mais rentável e o que mais valoriza a empresa. Além disso, quando uma oportunidade de venda ou uma necessidade de captação de recursos surgir, sua empresa estará preparada, não é mesmo?

Respeite as leis básicas da economia

foto-de-tablet-com-graficos-necessarios-para-avaliar-uma-empresaAo avaliar uma empresa, respeite as leis básicas da economia e do mundo das finanças para evitar erros grotescos na avaliação, como, por exemplo, considerar que uma empresa crescerá numa taxa maior à da economia sem um critério que comprove isso.

Por isso, não acrescente elementos que não podem ser comprovados. Lembre-se que a avaliação deve buscar o valor real e justo do negócio e não o valor que agrade os interessados. Mantenha a avaliação fiel à realidade e ao contexto que a empresa está inserida, ok?

Uma dica é sempre se apoiar em dados. Analise com cuidado cada um deles e busque comprovações factíveis quando surgir algo discrepante ou muito fora da curva.

Mantenha os dados da sua empresa sempre organizados e disponíveis

Um grande desafio na hora de avaliar empresas está na dificuldade de levantar todos os dados necessários para o cálculo, em especial, quando a empresa é menor ou muito nova e não tem uma rotina de registro e de organização dos documentos adequada e centralizada.

Por isso, como dever de casa para você começar hoje mesmo, deixamos como dica que você crie uma rotina de organização, padronização e registro de tudo que acontece na sua empresa. Assim, quando for avaliar sua empresa, terá todos os dados em mãos e de fácil acesso, o que torna o processo mais rápido e completo. Além disso, essa prática tende a aprimorar a gestão e valorizar ainda mais seu negócio.

A BuyCo. é especialista em avaliação de micro e de pequenas empresas. Criamos um método próprio, comprovado e 100% digital para avaliar empresas a um preço muito acessível. Além disso, nossos consultores estão à disposição para te ajudar em todo esse processo. Para saber mais, clique no botão abaixo:

QUERO SABER QUANTO VALE MINHA EMPRESA!

Caso sua empresa não se encaixe nesse perfil, não se preocupe. Entre em contato conosco, pois já criamos soluções para empresas maiores e temos certeza de que podemos te ajudar!

anunciar-minha-empresa

Como anunciar minha empresa para a venda?

Múltiplo de EBITDA: o que é e como usar no Valuation

Fluxo de Caixa Descontado (FCD): o que é, para que serve e como calcular