Banner Blog

Revolucione seu conhecimento.

Fusões e aquisições crescem no Brasil e expectativa é de novo recorde em 2021

socios-sentados-em-uma-mesa-realizando-o-planejamento-da-empresa-para-ilustrar-artigo-sobre-fusoes-e-aquisicoes

A pandemia provocou um caos em todas as esferas. Mas, no campo de compra e venda de empresas, o Brasil bateu o recorde dos últimos 27 anos. Segundo dados do relatório M&A, da empresa de consultoria e auditoria PwC Brasil, foram realizadas 1.038 fusões ou aquisições, em 2020. No ano anterior, foram 912 negócios.

Desse modo, os números vêm se mantendo bem. Só no primeiro trimestre deste ano, houve um aumento de 50% nas fusões e aquisições no Brasil, em comparação ao mesmo período do ano passado.

Entenda o que são fusões e aquisições:

aperto-de-maos-simbolizando-um-negocio-para-ilustrar-artigo-sobre-fusoes-e-aquisicoesTambém conhecido como M&A, Mergers and Acquisitions, que, em português significa fusões e aquisições (F&A), são formas de se expandir uma empresa. Ou seja, dessa forma, aumenta-se a estrutura, o domínio e os empreendimentos da marca. Mesmo tendo alguns objetivos em comum, elas possuem características diversas.

A fusão é a junção de duas ou mais empresas para formar uma nova companhia. Ou seja, nessa transação haverá o compartilhamento de propriedade, controle e lucro. Em contrapartida, a aquisição se resume à compra de uma empresa por outra. Durante esse processo, a empresa que compra é conhecida como adquirente. Nesse sentido, a organização a ser comprada é chamada de empresa-alvo. Em geral, a empresa adquirente é maior e acaba assumindo de forma definitiva a empresa menos desenvolvida. Portanto, ela faz a aquisição da empresa-alvo.

Fusões e aquisições em Minas Gerais 

mapa-de-minas-gerais-para-mostrar-numeros-de-fusoes-e-aquisicoes-no-estado-para-ilustrar-artigo-sobre-fusões-e-aquisiçõesEm Minas Gerais, as transações de M&A cresceram 127%, em 2021. Nesse sentido, no ano passado foram 11 negócios e, somente no primeiro trimestre deste ano, já foram feitas 25 transações.

Segundo o relatório da PwC, em março foram realizadas 12 operações envolvendo empresas mineiras. A Magazine Luiza, por exemplo, adquiriu a VipCommercede. Porém, o valor da compra da empresa sediada em Belo Horizonte, que desenvolve plataforma de comércio eletrônico para o varejo de alimentos, não foi divulgado.

Além disso, outros negócios de destaque, ainda no mês de março, foram as aquisições da Casa Mineira pela Quinto Andar e da Supermassa do Brasil pela Sika.

 

2020: o ano de recordes em fusões e aquisições no Brasil

Segundo Leonardo Dell’Oso, sócio da PwC Brasil, a pandemia contribuiu para os recordes em fusões e aquisições no Brasil. “De um lado, alguns setores que foram negativamente afetados pela crise, como o aéreo, o turismo, o varejo de lojas físicas e serviços, precisam de capital para sobreviver. Por outro lado, empresas mais fortes de setores que ganharam com a crise, como o de tecnologia, o de fármacos e o comércio digital, fizeram aquisições para acelerar o crescimento, aproveitando a oportunidade do momento”, explicou em entrevista ao Portal UOL.

Contudo, em 2020, o setor de Tecnologia da Informação (TI) cresceu 54% quando comparado a 2019. Ao todo, foram 398 fusões ou aquisições, tornando-se líder em negócios durante o ano de passado.

E, neste ano, os números permanecem promissores. No primeiro trimestre de 2021, o setor de tecnologia foi responsável por 48% das transações de M&A no Brasil. A inclusão digital é o principal fator para a explosão deste setor. Leonardo Dell’Oso, ainda assim, acredita que as startups trazem novas soluções e conquistam novos mercados.

Mas, apesar desse crescimento, a participação dos estrangeiros nos negócios brasileiros caiu em comparação aos últimos anos. Com isso, em 2020 eles efetuaram a menor atividade desde 2009. Foram 221 transações. Em contrapartida, os investidores nacionais corresponderam a 78% das aquisições. Analistas econômicos dizem que a política e a economia instáveis são as responsáveis por essa fuga.

O que esperar do mercado de fusões e aquisições no Brasil para os próximos anos?

imagem-de-oculos-tabelas-e-calculadora-para-ilustrar-artigo-sobre-fusoes-e-aquisicoesEspecialistas afirmam que as operações de fusões e aquisições devem continuar crescendo no Brasil. Dessa forma, a expectativa é que atinja, ainda neste ano, mais de 1.200 operações.

Mas, a participação de transações envolvendo estrangeiros segue em queda. No primeiro trimestre deste ano, 70% dos negócios foram entre empresas de capital nacional. Apenas 30% de empresas estrangeiras efetuaram a operação em 2021, na menor média desde 1980.

Dessa forma, a bola da vez são operações nacionais. As empresas internacionais, pelo o que parece, decidiram concentrar os investimentos em suas matrizes, pelo menos por enquanto.

Conheça as operações mais famosas envolvendo empresas brasileiras: 

Azul e TwoFlex:

Em maio de 2020, a Azul Linhas Aéreas anunciou a compra da empresa de táxi aéreo TwoFlex por R$ 123 milhões. A transação expandiu a atuação da companhia em mais de 36 novos destinos.

Hypera Pharma e Takeda Pharmaceutical:

Também em 2020, a Hypera Pharma fechou acordo pela aquisição de portfólio de 18 medicamentos da Takeda Pharmaceutical por US$ 825 milhões. Entre os produtos, estão as marcas Neosaldina e Dramin.

Boeing e Embraer:

Gigantes no mercado de aeronaves, as empresas anunciaram a criação de uma joint venture em que a Boeing teria 80% de participação e pagaria R$ 4,2 bilhões à Embraer. No entanto, a Boeing desistiu da parceria, em abril de 2020, alegando problemas financeiros.

Claro e Nextel:

A estadunidense Móvil, controladora da Claro, comprou a Nextel por US$ 905 milhões em 2019. Nesse sentido, o objetivo da transação foi consolidar a posição da Claro como uma das principais prestadoras de serviços de telecomunicações no Brasil.

Natura e Avon:

A Natura anunciou a compra da Avon em 2019. Dessa forma, a transação resultou na quarta maior empresa de cosméticos do mundo, com faturamento anual superior a US$ 10 bilhões.

ACESSAR A CALCULADORA DE VALUATION

E você, tem vontade de entrar neste mercado de fusões e aquisições? A BuyCo. pode te ajudar. Clique no botão acima e saiba o valor real de sua empresa. Vamos lá?

determinando-o-valor-justo-de-empresas-com-valuation

Determinando o valor justo de empresas com o Valuation

motivos-para-vender-uma-empresa

Motivos para vender uma empresa e principais desmotivadores

foto-de-trabalhadores-do-setor-de-servicos

Setor de Serviços vem recuperando prejuízos causados pela pandemia e movimenta PIB brasileiro