Banner Blog

Revolucione seu conhecimento.

Aprenda Como Fazer um Planejamento Financeiro Empresarial

Você sabe como fazer um planejamento financeiro empresarial? Ainda não? Pois deveria! Para as micro e as pequenas empresas, fazer o planejamento é crucial, principalmente, no momento atual que estamos vivendo!

Apesar de não ser feito por todas as empresas, o planejamento financeiro empresarial é ideal para ajudar seu negócio a se manter e, também, a crescer. Legal, não é mesmo?

Isto é, você tem a obrigação de criar planos para todas as áreas, ok? Da estratégia ao operacional, você deve fazer um planejamento para auxiliar seu negócio a se manter competitivo no mercado. Faz sentido, não é mesmo?

Além de todas as definições de objetivos e de planos de ação, o planejamento financeiro empresarial deve ser contemplado em todas as tomadas de decisão dentro da empresa. Então, você não pode ficar sem ele, não é mesmo?

Porém, a realidade é que nem todo empreendedor sabe como fazer seu planejamento, principalmente em micro e em pequenas empresas, onde esse é, muitas vezes, ignorado ou deixado em segundo plano, não é mesmo?

Com isso, é comum vermos diversos negócios fechando suas portas pouco tempo depois de abrir ou em períodos de crise, como a que estamos vivendo causada pela pandemia da Covid-19. Por isso, se você não quer fazer parte dessa cruel estatística, não se preocupe, estamos aqui para te ajudar.

Neste artigo, além de entender a importância do planejamento financeiro empresarial, você também vai saber como fazê-lo. Que tal já colocar isso em prática durante a quarentena, para quando retomar os negócios já estar preparado? Ótima ideia, não é mesmo?

Então vamos lá? Boa leitura!

O que é o planejamento financeiro empresarial?

Primeiro, antes de saber qual a relevância e como fazer seu planejamento, é preciso entender o que ele representa para o seu negócio. E aí, você sabe? Ainda não? Calma que nos vamos explicar!

Em resumo, podemos dizer que ele é um conjunto de ações e de controles usadas para entender e gerir os recursos financeiros de uma empresa. Faz sentido, não é mesmo?

Dessa forma, por meio de ações que envolvam projeções de receita, de despesas e a previsão de cenários, por meio das ferramentas corretas, o empreendedor pode gerar melhores resultados ou, até mesmo, se preparar contra crises ou cenários hostis (a pandemia da Covid-19 é um deles).

Só para ilustrar, pense no planejamento financeiro empresarial como se fossem as suas finanças pessoais. Sabendo quanto dinheiro você tem hoje, é mais fácil planejar onde e como gastar o recurso que você tem, não é mesmo?

Então, trazendo esse exemplo para a realidade de micro e de pequenas empresas, temos no planejamento financeiro empresarial uma forma de entender o faturamento mensal, identificando qual o produto traz mais receita, em qual época do ano e qual o perfil de consumo. Assim é possível realizar o planejamento de gastos, projetando onde o recurso será melhor investido, não é mesmo?

Logo, podemos concluir que o planejamento financeiro empresarial nada mais é do que o direcionamento correto de recursos, de forma planejada, buscando fazer com que o negócio tenha o melhor resultado, retorno e sustentabilidade. Legal, não é mesmo?

Mas qual a real relevância desse planejamento para sua empresa? Por que é tão importante fazê-lo? Continue com a leitura para descobrir. Então vamos lá?

Qual a importância do planejamento financeiro empresarial?

foto-de-homem-diante-de-graficos-e-tabelas-em-sua-mesa-que-ilustram-o-planejamento-financeiro-empresarialFazer o planejamento financeiro empresarial do seu negócio não é apenas importante, é essencial para os resultados, pois ele representa a base de todas as áreas de uma micro ou de uma pequena empresa. Incrível, não é mesmo?

Sem ele, não é possível tomar decisões em busca de melhores resultados, ou seja, sem avaliar as projeções de receita de um produto, você não será capaz de identificar as oportunidades e realizar o investimento correto para cada momento, não é mesmo?

Além disso, a falta de planejamento é um dos principais motivos para tantos negócios quebrarem nos primeiros 2 anos. Diversos empreendedores ignoram esse fato, o que causa a perda de recursos e, em alguns casos, o fechamento do negócio. Triste, não é mesmo?

Já que o planejamento financeiro empresarial do seu negócio é de suma importância, como fazê-lo? O que é preciso para colocar em prática esse mesmo planejamento? É isso que vamos ver agora. Vamos lá?

Como fazer seu planejamento financeiro?

Agora que você entende a importância de fazer seu planejamento financeiro empresarial, é hora de entender como colocá-lo em prática. Então vamos lá?

Qual é a atual situação da sua empresa?

Em primeiro lugar, um planejamento financeiro empresarial passa pelo conhecimento a fundo da atual situação da sua empresa, não é mesmo?

Analise sua área de atuação, seus pontos positivos e negativos e como ela vem desempenhando suas atividades no mercado, procure entender qual a sua vantagem competitiva frente aos concorrentes.

Além disso, procure entender melhor seu público-alvo, entendendo todos os elementos e aspectos que afetam a posição da empresa.

Com isso, após realizar essa avaliação da situação da sua empresa, você deve também realizar todo um balanço patrimonial.

Dentro do planejamento financeiro empresarial, saber como está a situação das finanças do seu negócio é imprescindível. Faz sentido, não é mesmo?

QUERO SABER QUANTO VALE MINHA EMPRESA!

Caso sua empresa tenha um porte maior, não se preocupe. A BuyCo. já criou soluções para te atender. Quer saber mais? Então é só clicar aqui e entrar em contato!

Monte a sua planilha

foto-de-pessoa-diante-de-um-caderno-e-sua-calculadora-para-ilustrar-a-elaboracao-de-uma-planilha-para-o-planejamento-financeiro-empresarialPara fazer essa análise, você poder usar uma planilha no planejamento financeiro empresarial. Anote os atuais ganhos da empresa e quanto você pretende ganhar a longo prazo.

Planeje o futuro do seu negócio, realizando as projeções com base nos dados atuais. Divida todo o planejamento financeiro por mês, por semestre e por ano.

Com isso, você pode projetar melhor os resultados, para atingir os objetivos financeiros com metas realistas, não é mesmo?

Além disso, outro fator relevante que deve entrar em sua planilha são os gastos recorrentes (os salários, o aluguel, os fornecedores, etc.), além de provisão para os possíveis imprevistos, como, por exemplo, as manutenções, as rescisões trabalhistas, os acidentes, etc.

Desse modo, você consegue refletir melhor sobre os atuais ganhos e custos, para injetar recursos em investimentos que farão sua empresa alcançar novos patamares, não é mesmo?

Isto é, procure fazer com que seus recursos sejam usados no desenvolvimento de produtos capazes de aumentar a receita e maximizar os lucros, não apenas pagar as despesas, até algumas vezes com margem de lucro inexistente. Faz sentido, não é mesmo?

Trace os planos de ação

Logo após fazer todo esse registro, é o momento de traçar um plano de ação dentro de seu planejamento financeiro empresarial. Só assim você vai conseguir tirar o plano do papel, não é mesmo?

É aqui onde devemos tomar algumas medidas. Por isso, dentre as principais ações que você deve se atentar, temos:

  • A definição de metas e de objetivos de acordo com a sua análise;
  • A definição das ações essenciais para o crescimento do seu negócio;
  • A redução ou o corte de gastos;
  • A aplicação de recursos para o desenvolvimento de sua empresa, como um site ou um aplicativo;
  • A divisão de tarefas;
  • A mensuração dos resultados obtidos;
  • Os novos documentos de ações, de gastos e de investimentos para as avaliações futuras.

Dessa forma, com essas dicas, é possível realizar um bom planejamento financeiro, fazendo com que sua empresa tenha a chance de se manter atuante no mercado, mesmo diante de cenários críticos, não é mesmo?

Com um planejamento financeiro empresarial bem estruturado, você terá clareza para projetar suas metas e seus objetivos, algo essencial para o crescimento de micro e de pequenas empresas. Tenho certeza de que é isso que você quer, certo?

E aí, o que achou? Esperamos que esse artigo tenha sido útil para você começar a conhecer ou aprofundar seus conhecimentos e colocá-los em prática no seu negócio. Deixe seu comentário, divida suas experiências com seus colegas e sinta-se à vontade para compartilhar esse texto com seus amigos.

logo-money-extra-para-comarketing-sobre-planejamento-financeiro-empresarialEsse artigo foi feito pelo Money Extra, um site que busca descobrir e compartilhar oportunidades financeiras, difundindo conhecimento sobre empreendedorismo e investimentos. Conheça mais em Money Extra.

 

anunciar-minha-empresa

Como anunciar minha empresa para a venda?

Múltiplo de EBITDA: o que é e como usar no Valuation

Fluxo de Caixa Descontado (FCD): o que é, para que serve e como calcular