Banner Blog

Revolucione seu conhecimento.

Valor da empresa: como calcular e por que fazer o Valuation

valor-da-empresa

Você já se perguntou quanto vale a sua empresa? Seja para melhorar a gestão, vender a empresa, captar recursos ou para as mais diversas situações da vida empresária, essa é uma informação imprescindível. Para descobrir o valor da sua empresa, você deve fazer um processo de avaliação, mais conhecido como Valuation. E é exatamente sobre isso que falaremos no artigo de hoje. Então, vamos lá? Boa leitura!

Antes de mais nada, qual a diferença entre preço e valor da empresa?

Uma das dúvidas que mais recebemos aqui na BuyCo. é a diferença entre o valor e o preço. Você sabe? O valor é algo percebido por cada parte que nem sempre converge para a mesma cifra.

Já o preço, é determinado pelas interações das partes de oferta e de demanda. No Valuation, o objetivo é descobrir o valor justo de venda da empresa, considerando o quanto ela vale ou tem o potencial de gerar. Porém, durante as negociações entre o comprador e o vendedor, pode ser que a empresa seja vendida por um preço diferente do seu valor.

Fez sentido? Então vamos seguir. O que é Valuation?

O que é Valuation?

O Valuationfoto-de-pessoa-usando-calculadora-para-descobrir-o-valor-da-empresa, ou a avaliação de empresas, é o processo que permite estimar o valor justo de uma empresa. Isso se dá através de métodos quantitativos que analisam o histórico financeiro, o mercado e as perspectivas de crescimento do negócio. Em outras palavras, o valuation é a ferramenta utilizada para auxiliar as partes na determinação do valor de um negócio. Entendeu?

O conceito pode parecer simples, mas o processo é muito complexo e exige a expertise de profissionais especialistas em avaliação de empresas para definir o método mais adequado com o objetivo de encontrar o valor mais assertivo da empresa. Por isso, é preciso ter conhecimento estratégico e técnico, além de compreender bem o setor e as condições na qual a empresa se encontra.

Na BuyCo. nós entendemos que cada negócio tem as suas necessidades. Por isso, analisamos particularmente nossos clientes para indicar o melhor método de valuation para cada tipo de empresa. Incrível, não é?

Por não ser uma ciência exata, o valor da empresa pode variar conforme os métodos, as percepções e as premissas considerados no momento da avaliação. Afinal, como o próprio conceito diz, o valuation é uma estimativa, uma percepção de mercado. Isso significa que não há uma exatidão no cálculo e a sua confiabilidade depende da expertise do avaliador e do método utilizado.

Uma empresa pode ser avaliada em diversas ocasiões e por diferentes motivos: para precificar e acelerar a compra ou a venda da empresa, para tomar decisões mais estratégicas e assertivas, para captar novos sócios e investidores, para ter acesso a créditos, para renegociar dívidas, para ter ciência do valor do seu patrimônio, para definir sua herança, para entender seu desempenho empresarial, ou mesmo, para fins contábeis ou legais, e muito mais!

Antes disso, por que calcular o valor da empresa?

É comum que a estimativa de valor de uma empresa pelos sócios seja superior ao que ela vale. Isso porque a influência do vínculo emocional do dono com sua empresa é muito forte. Por isso, contar com a experiência de profissionais capacitados e neutros para fazer o valuation é a melhor opção, tanto na definição de qual método usar, como na definição do valor justo.

Encontrar o valor de uma empresa abre um leque de oportunidades na vida do empresário. Isso porque, o valuation alinha expectativas de valor dos sócios ou proprietários ao que realmente vale sua empresa o que é muito importante quando se pensa em dar novos rumos ao negócio seja para atrair investidores, analisar propostas de compra e venda, melhorar a gestão, ou em qualquer operação de fusão ou aquisição de empresa, por exemplo.

foto-de-pessoa-usando-calculadora-e-analisando-graficos-para-calcular-o-valor-da-empresaO valuation auxilia em processos decisórios e definições estratégicas, permitindo levantar falhas, entender o comportamento da empresa frente seus concorrentes, consolidar argumentos, analisar diferentes cenários e o risco do investimento. Além disso, pode evidenciar uma necessidade de capital e é usado para fins gerenciais, para o acompanhamento do planejamento financeiro e estratégico do negócio. Incrível, não é?

Ao entender como funciona o valuation, seja você sócio, proprietário, comprador ou investidor, será possível entender melhor como o negócio se configura, como está sua saúde financeira e diversas outras informações valiosas que podem embasar qualquer tipo de decisão diante das oportunidades que possam surgir.

Por isso, o valuation não serve apenas para que as negociações sejam mais justas, mas também, permite analisar o comportamento histórico da empresa e as projeções para seu futuro, o que é fundamental para a gestão, para valorizar e diferenciar ainda mais o negócio e para avaliar se o investimento na empresa está trazendo resultados.  Clique aqui para saber mais!

Métodos mais utilizados para encontrar o valor da empresa

Como vimos acima, existem diversos métodos para encontrar o valor de uma empresa e a escolha de uma delas é fundamental para chegar ao valor mais justo, pois o cálculo é muito complexo e as variáveis são as mais diversas, sendo muitas delas bastante subjetivas.

O ideal é utilizar mais de um método para garantir ainda mais assertividade. Ao final, é fundamental averiguar se ele condiz com o que o mercado percebe. Isso porque a empresa não vale o que seu dono pensa, mas sim, o que o mercado está disposto a pagar.

Dificilmente você conseguirá chegar ao valor da sua empresa por conta própria. Por isso, recomendamos fortemente a contratação de um profissional que tenha conhecimento técnico e experiência em avaliação de empresas para definir o método e realizar todo a avaliação para encontrar o valor. Os mais utilizados são:

– Múltiplos de Mercado:

Este é um método comparativo que encontra o valor da empresa a partir de uma análise do preço pago em uma operação similar ou com base no desempenho econômico-financeiro de empresas similares (geralmente do mesmo setor, com o portfólio de produtos semelhante e que atendam o mesmo tipo de cliente), dividido por algum indicador financeiro da empresa adquirida que, geralmente, é o EBITDA. Assim, temos o múltiplo para aplicar sobre o mesmo indicador financeiro da empresa em avaliação.

foto-de-pessoas-comparando-dois-relatorios-para-descobrir-o-valor-da-empresaPor se tratar de uma comparação, o método acaba por desconsiderar os diferenciais e as perspectivas futuras específicas da empresa. Além disso, pode ser que seja difícil encontrar um negócio muito similar para comparar com certas empresas, impossibilitando seu uso em alguns casos. Faz sentido, não é?

Sua fórmula é:

Múltiplo = Valor de Mercado / Indicador Financeiro

– Valor patrimonial:

Este é o método que melhor retrata a situação atual da empresa, porém, desconsidera as perspectivas futuras de crescimento e os ganhos de margens. Nela, calcula-se o valor justo de cada ativo e passivo da empresa e, ao final, encontra-se a diferença entre os dois, resultando no valor da empresa.

Por considerar apenas os ativos e os passivos da empresa, esse é um método simplista que serve apenas como retrato da situação atual da empresa e utilizado em situações específicas, como é o caso do fechamento ou da liquidação da empresa, bem como, quando a empresa possui valor em ativos elevado, como, por exemplo, maquinários de alto valor. Faz sentido, não é?

Sua fórmula é:

Patrimônio líquido = Ativos – Passivos

– Fluxo de Caixa Descontado:

É o método mais completo na definição do preço de compra de uma empresa, pois analisa o seu histórico, os seus riscos e a sua capacidade de gerar riquezas a longo prazo. Por isso, esse método é mais utilizado por empresas que têm lucro.

Apesar de muito robusto, as variáveis usadas são muito subjetivas o que pode refletir diretamente no resultado. Além disso, ele não se aplica em todos os casos, pois muitas empresas podem não ter dados históricos suficientes para uma previsão assertiva, como é o caso das startups.

Sua fórmula é um pouco mais complexa, mas simplificaremos abaixo:

foto-de-pessoa-analisando-grafico-para-descobrir-o-valor-da-empresa1º) É preciso estimar o fluxo de caixa futuro da empresa (FC), geralmente, para os próximos 5 anos, isto é, a entrada e a saída de dinheiro da empresa. É possível projetar períodos maiores, mas isso depende do nível de previsibilidade da receita e da confiabilidade dos dados históricos.

2º) Depois, é preciso calcular a taxa de desconto que será aplicada com base nos riscos, nos custos de oportunidade e no custo médio ponderado de capital, isto é, no quanto a empresa gasta para adquirir capital.

3º) Por fim, é necessário encontrar o valor presente de todos os fluxos, ou seja, trazer os fluxos estimados a valor presente com base na taxa de desconto calculada.

Valor da empresa = [FC 1] / (1 + taxa de desconto) ^ 1] + [FC 2] / (1 + taxa de desconto) ^ 2] + [FC 3] / (1 + taxa de desconto) ^ 3] + [FC 4] / (1 + taxa de desconto) ^ 4] + [FC 5] / (1 + taxa de desconto) ^ 5]

– Método BuyCo.:

A BuyCo. desenvolveu um método próprio, comprovado e específico para avaliar empresas de micro e pequeno porte. Depois de 10 anos de experiência, desenvolvemos um algoritmo com base em inteligência artificial que, com a ajuda do nosso time, visa ponderar 5 métodos de cálculo com base em 54 perfis de empresas, para encontrar o valor mais assertivo. São eles:

– O Método da Base Zero: leva em conta o valor que o empresário investiu inicialmente no negócio para deixá-lo como está hoje;

– O Valor do Ponto Comercial: visa precificar a valor de mercado todos os ativos contidos no ponto comercial;

– A Expectativa de Retorno: atrelada ao tempo esperado de retorno do investimento para o determinado setor de mercado;

– O Fluxo de Caixa: fornece uma visão de futuro, porém, sem utilizar a perpetuidade, de forma a balizar o atual momento da empresa e trazer, de maneira sútil, um cenário futuro com base em projeções conservadoras;

– O Múltiplo Setorial: faz a comparação da empresa com outras firmas similares que estão ou estavam recentemente em negociação.

E aí, o que achou? Incrível, não é? Qual deles se aplica melhor à sua empresa?

Nós já ajudamos centenas de empresários a descobrirem quanto valem as suas empresas e estamos prontos para te ajudar também! Você já sabe quanto vale a sua empresa? Ainda não? Quer saber mais sobre o método BuyCo.? Basta clicar no botão abaixo:

QUERO SABER QUANTO VALE MINHA EMPRESA!

Importante:

Caso sua empresa tenha um porte maior, não se preocupe. A BuyCo. já criou soluções para te atender. Quer saber mais? Então é só clicar aqui e entrar em contato!

E aí, ficou com alguma dúvida? Então conta pra gente. Estamos à disposição. E caso precise avaliar sua empresa, conte conosco!

anunciar-minha-empresa

Como anunciar minha empresa para a venda?

Múltiplo de EBITDA: o que é e como usar no Valuation

Fluxo de Caixa Descontado (FCD): o que é, para que serve e como calcular