Banner Blog

Revolucione seu conhecimento.

Quero vender meu restaurante. E agora, o que fazer?

Está aposentando, mudando de cidade, brigou com seu sócio ou passando por problemas financeiros e não sabe o que fazer o que fazer: vender seu restaurante ou fechar as portas? A primeira opção pode ser uma saída mais lógica, permitindo que você recupere parte ou todo o seu investimento, evite a mortalidade da sua empresa e, consequentemente, o desemprego dos seus funcionários.

Não só para você como vendedor, mas também para potenciais compradores interessados no seu restaurante, essa pode ser uma ótima solução. Afinal, conforme dados do Sebrae, é comum que restaurantes fechem suas portas um ou dois anos após abrirem já que os primeiros anos são os mais críticos para qualquer estabelecimento.

Porém, geralmente, esses restaurantes são estabelecimentos novos, com móveis e equipamentos que podem ser aproveitados, uma marca e clientes consolidados, a equipe treinada, entre diversas outras vantagens que podem acelerar a jornada de pessoas que querem empreender com menos custos e riscos.

Por isso, se você está se perguntando como vender seu restaurante, não se preocupe. No artigo de hoje, vamos apresentar todos os passos para você fazer um bom negócio.

Então, vamos lá? Boa leitura!

Quero vender meu restaurante, o que fazer?

Vender um restaurante ou qualquer outra empresa, não é tarefa fácil de fazer da noite para o dia. Porém, com nosso passo a passo, você organiza um planejamento e aumenta as chances de fazer um bom negócio. Então vamos lá?

1º) Por que quero vender meu restaurante?

Para alguns, a venda de uma empresa é a finalização de uma etapa na carreira. Para outros, a venda pode ser motivada por diferentes razões. Quais são elas? Os motivos mais comuns são:

  • Crise pessoal ou familiar;foto-de-mulher-em-uma-cozinha-pensando-porque-quer-vender-seu-restaurante
  • Nova oportunidade de mercado;
  • Aposentadoria, cansaço ou desgaste pessoal;
  • Mudança geográfica;
  • Problema de saúde;
  • Dissolução da sociedade;
  • Falta de sucessão;
  • Problemas financeiros e/ou de gestão.

Entender o motivo por trás da venda do seu restaurante é fundamental para dar sequência ao processo. Por isso, é de extrema importância que você tenha maturidade para parar e refletir sobre o momento que você está vivendo. Afinal, a venda ou saída da empresa é parte normal da jornada empreendedora.

Assim, se sua decisão já está tomada, comece o quanto antes a tomar medidas para preparar seu restaurante para a venda e assuma um distanciamento crítico para não deixar que fatores emocionais falem mais alto.

2º) Quanto vale meu restaurante?

Se está pensando em vender seu restaurante, você precisa saber quanto ele vale. Mas poucos são os empresários que sabem o valor de suas empresas.

Antigamente, conforme dados da Abrasel, para calcular o valor de um restaurante, bastava multiplicar o faturamento mensal por um número entre 5 e 7. Hoje, os tempos mudaram e os cálculos para encontrar o valor de uma empresa se tornaram muito mais complexos e assertivos.

Afinal, cada estabelecimento tem suas particularidades e chegar a um valor justo para ambas as partes é tarefa árdua que deve ser feita por especialistas em avaliação de empresas, como é o caso dos consultores da BuyCo., que garantem expertise e imparcialidade.

Valores altos demais, podem afastar potenciais compradores. Em contrapartida, valores baixos demais podem significar prejuízo para você. Por isso, a avaliação de empresas é fundamental nos momentos de compra e venda, com o objetivo de alinhar expectativas de valor.

Além disso, ao descobrir o valor do seu negócio, é possível compreender os principais fatores que afetam no preço para desenhar estratégias que podem valorizar ainda mais a empresa.

Métodos de cálculo

Atualmente, existem técnicas amplamente utilizadas pelo mercado para encontrar o valor de uma empresa. No caso das grandes empresas, os métodos mais utilizados são:

No caso das micro e pequenas empresas, o método BuyCo. é o mais apropriado. Através de 5 cálculos e da ponderação destes, chega-se ao valor mais assertivo para negócios desse porte.

Vale ressaltar que nosso laudo não se limita apenas a definir o valor do negócio. Com a avaliação, você encontra análises completas sobre o mercado de restaurantes, investimentos, situação contábil e financeira, além de diversos detalhes da empresa e diretrizes para sua negociação.

ACESSAR A CALCULADORA DE VALUATION

Caso sua empresa tenha um porte maior, não se preocupe. A BuyCo. já criou soluções para te atender. Quer saber mais? Então é só clicar aqui e entrar em contato!

3º) Além da avaliação de empresas, o que mais preciso ter em mãos para vender meu restaurante?

Quando um comprador se interessar pelo seu negócio, ele vai querer obter dados além da avaliação da empresa. Por isso, é fundamental que você prepare e organize os documentos, dados e demonstrativos do negócio para disponibilizá-los quando solicitado sem resistências, de forma a garantir transparência, confiança e segurança.

Diferentemente de alguns setores, os donos de restaurantes não costumam ter os números e indicadores em planilhas organizadas e detalhadamente descritas. Porém, somente com informações e dados fundamentados e confiáveis que bons compradores serão atraídos. Por isso, documente e organize tudo.

Por fim, é importante que você exija que os interessados assinem um termo de confidencialidade, garantindo que não usarão as informações da sua empresa para qualquer outra finalidade que não seja para tomarem a decisão de comprá-la. Assim, você terá mais liberdade e segurança em tratar as negociações.

4º) Como vou divulgar meu restaurante?

Para encontrar pessoas interessadas no seu negócio, você precisa divulgar que está vendendo. Por isso, é fundamental que você busque plataformas confiáveis para anunciar. Mas por onde começar?

A BuyCo. é uma plataforma profissional e especializada em compra e venda de empresas e permite que você anuncie seu restaurante de forma gratuita. Garantimos compradores qualificados que vão facilitar e agilizar seu processo de venda, que será muito mais difícil caso você o faça sozinho. Incrível, não é?

Não tenha preconceito ou vergonha em anunciar seu negócio. A saída de uma empresa é natural e faz parte da jornada empreendedora, assim como qualquer outro processo. Por isso, cabeça erguida e mãos na massa!

foto-de-casal-em-restaurante-olhando-no-celular-uma-plataforma-confiavel-para-vender-o-restauranteMas antes de anunciar, é fundamental que você prepare seus funcionários, parceiros, fornecedores e clientes de forma a evitar informações equivocadas, resistências e reações adversas. Afinal, você não quer prejudicar o seu negócio, resultados de anos de esforço, certo? Por isso, tenha uma comunicação aberta, afaste os medos e incertezas e mostre os benefícios da nova gestão.

5º) Preciso de ajuda, o que fazer?

A busca por ajuda profissional pode ser um diferencial na hora de vender seu restaurante. Por isso, conte com o suporte de consultores especialistas em compra e venda de empresas para te orientar durante todo o processo. Essas pessoas tem experiência e conhecimento das transações para te auxiliarem a cada etapa da venda.

Além de mediarem a transação com toda sua expertise, esses profissionais têm muitos contatos em uma ampla rede de Networking e podem te ajudar a encontrar compradores ideais para o seu negócio. Incrível, não é?

Vale também contar com a ajuda de contadores e advogados para te auxiliarem a avaliar documentos financeiros, contábeis e legais.

6º) Chegou o momento de negociar!

Se você chegou até o momento de negociar, provavelmente, está lidando com pessoas que estão realmente interessados no seu restaurante. Por isso, esteja preparado para receber ofertas e saber negociar. Compradores tentarão abaixar o preço ao máximo, então, não tenha pressa e só aceite aquilo que for benéfico para você também. Saiba ouvir e se posicionar.

Além disso, prepare respostas a questões que você imagina que o comprador fará. Antecipe-se de tudo que pode acontecer. Enalteça os pontos fortes e as boas perspectivas da empresa e saiba apresentar planos de ação para os pontos fracos. Ter domínio do que você está vendendo é a regra básica para negociar.

Aos poucos, ambas as partes chegarão a um consenso que seja favorável para todos os envolvidos. Ao final, lembre-se de solicitar que um profissional registre tudo que foi acordado em um memorando de entendimentos, como o valor negociado, as condições e prazos de pagamento, as garantias e os acertos finais.

7º) Hora de dar tchau…

empreendedor-dando-as-chaves-ao-novo-dono-apos-vender-seu-restauranteFim das negociações? Se você encontrou o comprador ideal e decidiu fechar o acordo, é hora de se preparar para a transferência final e despedida deste importante ciclo da sua vida. Mas não conte com uma saída imediata. Você deve estar pensando, como assim?

Para garantir o sucesso e a continuidade do negócio, bem como, para ajudar o novo empreendedor, vale planejar com ele uma rotina para abordar todos os detalhes do restaurante até que ele se familiarize com tudo e possa dar sequência sozinho.

Antigamente, era comum que o prazo de transição em que o antigo proprietário auxiliava o novo durasse, em média, 41 dias no caso de bares e restaurantes. Hoje sabemos que existem negócios que exigem mais ou menos tempo, conforme suas particularidades. Mas isso não é problema!

A BuyCo. está a disposição para te ajudar em todos os processos de venda do seu restaurante. Conte conosco!

determinando-o-valor-justo-de-empresas-com-valuation

Determinando o valor justo de empresas com o Valuation

motivos-para-vender-uma-empresa

Motivos para vender uma empresa e principais desmotivadores

foto-de-trabalhadores-do-setor-de-servicos

Setor de Serviços vem recuperando prejuízos causados pela pandemia e movimenta PIB brasileiro