Banner Blog

Revolucione seu conhecimento.

Mercado de Fusões e Aquisições (M&A) para 2024 – Perspectivas e Oportunidades

O mercado de fusões e aquisições (M&A) para 2024 promete ser dinâmico e repleto de oportunidades no Brasil. Após enfrentar desafios decorrentes da elevação das taxas de juros desde 2022, o cenário econômico agora se mostra mais favorável. As expectativas de redução das taxas de juros e o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) nacional projetado para 2024 estão gerando otimismo e impulsionando as atividades do mercado de Fusões e Aquisições. Ademais, essa perspectiva positiva é impulsionada não apenas por fatores econômicos internos, mas também por mudanças legislativas e iniciativas governamentais que visam fortalecer o ambiente de negócios e atrair investimentos para o país.

Diante dessas mudanças nas condições financeiras, é possível que as empresas se sintam incentivadas a buscar oportunidades de expansão por meio de operações de M&A. Nesse sentido, isso pode incluir aquisições para adquirir novas tecnologias, ingressar em novos mercados ou ampliar sua base de clientes.

Pensando nisso, preparamos este artigo para explorar mais a fundo o atual cenário do mercado de M&A para 2024. Abordando as perspectivas, os desafios e as oportunidades que estão moldando esse ambiente, assim como as tendências que podem influenciar as estratégias de fusões e aquisições no Brasil. 

 

Como a Baixa da Selic pode reaquecer o mercado de Fusões e Aquisições?

Com a redução da taxa Selic, os juros tornam-se mais baixos, facilitando o acesso das empresas a capital com custos reduzidos. Isso torna as operações de fusões e aquisições (M&A) mais atrativas por diversos motivos:

  • Custo de Capital: Com a queda da taxa Selic, o custo do capital diminui, tornando mais barato para as empresas financiarem operações de M&A, seja por meio de empréstimos bancários ou emissão de títulos no mercado de capitais. 
  • Atratividade de Investimentos: Taxas de juros mais baixas podem tornar as alternativas de investimento tradicionais menos atrativas, levando os investidores a buscar retornos mais altos em outros tipos de investimentos, como M&A. Empresas bem posicionadas para aproveitar essas oportunidades podem atrair mais investidores.
  • Estímulo ao Crescimento: Taxas de juros mais baixas podem estimular o crescimento econômico, o que geralmente é positivo para as empresas. Assim, com perspectivas de crescimento mais forte, as empresas podem estar mais dispostas a buscar oportunidades de expansão por meio de M&A, seja para adquirir novas tecnologias, entrar em novos mercados ou expandir sua base de clientes.
  • Movimentos no Mercado de Capitais: A queda da taxa Selic pode impulsionar o mercado de capitais, incluindo ofertas públicas iniciais (IPOs) e emissões de dívida corporativa. Isso pode fornecer às empresas mais capital para financiar operações de M&A ou torná-las mais atraentes como alvos de aquisição.

Essa redução das taxas de juros cria um ambiente favorável para o crescimento das transações de M&A em 2024. Promovendo o desenvolvimento e a consolidação de empresas em diversos setores da economia brasileira.

Além disso, atrai a participação de players internacionais no mercado cross-border, estimulando o número e a relevância das transações.

Empresas que estavam aguardando condições financeiras mais favoráveis podem sentir-se encorajadas a buscar oportunidades de fusões e aquisições em 2024. 

 

Tendências

As tendências do mercado apontam para uma concentração de atividades de M&A em setores como tecnologia e saúde, onde a consolidação é impulsionada pela pressão sobre os preços e a busca por eficiência. 

 

Além disso, o mercado de M&A está se tornando cada vez mais globalizado, com transações cross-border desempenhando um papel significativo no cenário atual. A participação ativa de investidores estrangeiros reflete a percepção de um ambiente de negócios atrativo no Brasil.

 

Cross-border, o que é e como ele está abrindo portas e aquecendo o mercado de Fusões e Aquisições?

E por falar em cross-border, vamos entender melhor esse conceito e como ele está abrindo portas e aquecendo o mercado de M&A.

“Cross-border”, em tradução literal, significa “transfronteiriço”. No contexto de negócios e finanças, transações cross-border referem-se a atividades comerciais, investimentos ou transações financeiras que ocorrem entre empresas ou entidades localizadas em diferentes países. Essas transações envolvem, portanto, a transferência de recursos, bens, serviços ou capital de um país para outro.

Por exemplo, uma empresa brasileira adquirindo uma empresa nos Estados Unidos ou uma empresa chinesa investindo em uma empresa europeia seriam exemplos de transações cross-border. Essas transações são frequentemente influenciadas por fatores como diferenças culturais, regulamentações internacionais, taxas de câmbio e considerações fiscais.

O mercado cross-border para fusões e aquisições (M&A) está apresentando uma tendência crescente e significativa. Com a globalização da economia e o aumento da interconexão entre os mercados internacionais, as transações cross-border têm se tornado cada vez mais comuns e influentes no cenário de M&A.

Existem várias razões que impulsionam esse aumento das atividades cross-border em fusões e aquisições:

  • Acesso a Novos Mercados: As transações cross-border oferecem às empresas a oportunidade de expandir suas operações para novos mercados geográficos, permitindo o acesso a novos clientes, tecnologias e recursos. Isso pode ajudar as empresas a diversificar seus negócios e reduzir sua exposição a riscos específicos de mercado.
  • Sinergias e Oportunidades Estratégicas: Muitas vezes, as fusões e aquisições entre empresas de diferentes países são motivadas pela busca de sinergias e oportunidades estratégicas que não estão disponíveis localmente. Isso pode incluir acesso a talentos especializados, tecnologias inovadoras, patentes ou propriedade intelectual valiosa, entre outros ativos.
  • Crescimento Acelerado: Para algumas empresas, as transações cross-border oferecem uma maneira mais rápida e eficiente de alcançar o crescimento e a expansão do que o crescimento orgânico. Isso pode ser especialmente relevante em setores altamente competitivos ou em mercados saturados.
  • Diversificação de Riscos: Ao diversificar suas operações em diferentes países e regiões, as empresas podem reduzir sua exposição a riscos específicos de mercado. Dentre elas, flutuações econômicas, mudanças regulatórias ou instabilidade política em um único país.

Existem muitos benefícios desse tipo de operação, no entanto, as transações cross-border também apresentam alguns desafios, como diferenças culturais, linguísticas, regulatórias e operacionais, que podem complicar o processo de integração pós-aquisição. Portanto, é essencial que as empresas realizem uma due diligence abrangente. Além de considerarem cuidadosamente os riscos e benefícios antes de prosseguirem com transações cross-border em fusões e aquisições.

 

Estratégias de Financiamento Disponíveis no Mercado

À medida que empresas embarcam em transações de fusões e aquisições (M&A), a escolha das estratégias de financiamento certas pode ser crucial para o sucesso. Aqui estão algumas das opções mais comuns e eficazes:

  • Financiamento com Dívida: O financiamento com dívida envolve a obtenção de empréstimos ou emissão de títulos para financiar a transação de M&A. Isso pode incluir empréstimos bancários tradicionais, linhas de crédito rotativo, financiamento de dívida estruturada ou emissão de títulos de dívida corporativa. O financiamento com dívida pode ser uma forma eficaz de alavancar o poder de compra da empresa adquirente. Permitindo a realização de transações de maior porte.
  • Financiamento Híbrido: Algumas transações de M&A podem envolver uma combinação de capital próprio e dívida para financiar a transação. Isso pode incluir estruturas de financiamento complexas, como financiamento mezzanine, empréstimos subordinados ou instrumentos de capital híbridos. O financiamento híbrido pode ajudar a equilibrar os custos e benefícios associados ao uso de capital próprio e dívida.
  • Parcerias e Investimentos Estratégicos: Em vez de financiar a transação inteiramente com recursos próprios ou dívida, algumas empresas optam por formar parcerias estratégicas ou buscar investidores externos para financiar parte da transação. 
  • Financiamento de Fundos de Private Equity: Em transações de M&A envolvendo empresas de private equity, os fundos de private equity podem financiar a transação utilizando uma combinação de capital próprio e dívida. Os fundos de private equity geralmente têm acesso a fontes significativas de capital e podem utilizar alavancagem financeira para maximizar o retorno sobre o investimento.

Essas são apenas algumas das estratégias de financiamento comuns utilizadas em transações de fusões e aquisições. A escolha da estratégia de financiamento mais adequada dependerá das circunstâncias específicas de cada transação. Incluindo o tamanho da transação, a estrutura de capital das empresas envolvidas e as condições do mercado financeiro.

 

TEM INTERESSE EM saber mais sobre o mercado de FUSÕES E AQUISIÇÕES?

Se você está interessado em saber mais sobre o mercado de fusões e aquisições (M&A), nós estamos aqui para te ajudar. Na BuyCo., oferecemos suporte especializado em todas as etapas do processo de compra, venda e avaliação de empresas. Compreendemos a complexidade desses processos e, mais importante, reconhecemos as nuances e oportunidades únicas que o mercado oferece. Nossa abordagem especializada torna o M&A mais acessível e ágil, permitindo que você explore novas parcerias, expanda sua rede ou garanta uma transição suave. Seja qual for o seu objetivo no cenário de fusões e aquisições, a BuyCo. está pronta para potencializar suas estratégias e ajudá-lo a alcançar o sucesso desejado.

Ficou interessado? Acesse o formulário abaixo:

QUERO FALAR COM UM CONSULTOR

Como vender posto de combustível de forma rápida e segura?

Educação em Transformação: O Mercado Bilionário de Compra e Venda de Redes de Escolas

Estratégias de Crescimento Empresarial: Transformando Concorrentes em Aliados