Banner Blog

Revolucione seu conhecimento.

Motivos para vender uma empresa e principais desmotivadores

motivos-para-vender-uma-empresa

A venda de empresas não está necessariamente relacionada à falência do negócio ou desentendimento entre a sociedade da empresa, como muitos imaginam. Pelo contrário: existem outros motivos para vender uma empresa.

De qualquer maneira, é uma situação complicada, alguns empresários não estão preparados para esse momento e a tomada de decisão precisa ser bem pensada, mas, em alguns casos, pode ser a melhor opção.

Por isso, preparamos esse artigo, listando alguns motivos para vender uma empresa.

Vamos conhecer quais são eles? Então vamos lá!

Principais motivos para vender uma empresa

Problemas financeiros: o mais temido dos motivos para vender uma empresa

Quando se perde o controle da situação financeira e as dívidas estão bastante apertadas, a “luz no fim do túnel” dos empresários é colocar o negócio à venda por qualquer preço. Porém, essa é a situação em que as pessoas cometem mais erros na hora de vender a empresa, já que o desespero acaba levando à urgência e isso acaba não levando à melhor solução.

Saúde:

Problemas de saúde envolvendo o dono de uma empresa ou seus parentes, podem necessitar de um acompanhamento maior até a cura ou durante o processo de tratamento. Assim, caso não haja uma reserva financeira, o melhor caminho é vender a empresa e destinar o valor da venda ao tratamento do paciente.

Falta de capital:

A falta de investimentos financeiros em equipamentos, funcionários, serviços e as ferramentas para expansão da empresa pode ser um fator para anunciar o negócio à venda. Mas, em geral, nesse caso, o empresário não costuma vender 100% da empresa, pois ele deseja acompanhar o crescimento do negócio.

Desânimo:

motivos-para-vender-uma-empresaÀs vezes a rotina não agrada mais e o empresário perde aquele entusiasmo pelo trabalho, sentindo uma necessidade por novos desafios. Assim, ao vender a empresa, neste caso, o dinheiro será investido em outras oportunidades de negócio.

Desentendimento entre os sócios:

Quando se perde a confiança de um sócio pelo outro ou acontece algum imprevisto entre eles, os negócios ficam insustentáveis.

Aposentadoria:

Os empresários também se aposentam. E, em alguns casos não possuem um sucessor e precisam colocar o negócio à venda.

Mudança geográfica:

É difícil administrar uma empresa quando não se acompanha o andamento do negócio de forma presencial. Então, nesse caso, a decisão de vender o negócio, em geral, se dá quando um dono precisa se mudar para outra cidade ou estado, seja para acompanhar o cônjuge e/ou os filhos ou por qualquer outro motivo que envolva uma mudança geográfica.

Divórcios e separações conjugais:

Quando o negócio é tocado por um casal e o casamento passa por uma crise, o trabalho fica bem mais complicado. Nesse caso, há três tipos de soluções: a venda de 100% da empresa, para que seja feita a partilha correta dos bens, a venda da parte de um dos sócios ao remanescente ou a um terceiro.

Se você é empresário e se identificou com quaisquer desses motivos para vender uma empresa, pode ser que chegou a hora de enfrentar esse processo.

Sabemos que não é algo fácil e, durante, podem surgir diversas preocupações, receios e inseguranças. Essas preocupações são chamadas de desmotivadores, elas, em geral, estão atreladas aos riscos ou incertezas pessoais dos empresários. Então vamos ver quais são eles?

Depois dos principais motivos para vender uma empresa, hora de conhecer os principais desmotivadores

Abaixo listamos 8 fatos desmotivadores na hora de vender uma empresa, vamos entendê-los melhor?

“Já defini os motivos para vender uma empresa. Será que vou obter o valor justo pelo meu negócio?”

Para responder esta pergunta, é necessário realizar uma avaliação do seu negócio com quem entende do assunto. A BuyCo. pode te ajudar, nosso time de consultores e nossa ferramenta de avaliação digital possibilita você a saber o valor real do seu negócio.

ACESSAR A CALCULADORA DE VALUATION

Vender a empresa sozinho e sem o auxílio de pessoas especializadas pode dificultar mais ainda o processo e você pode perder o melhor proveito disso, tentando resolver tudo sozinho.

“Quebra da confidencialidade”

Caso isso aconteça, poderá haver impactos negativos junto aos clientes, funcionários e fornecedores. Além disso, a concorrência também poderá ficar sabendo de dados privilegiados. Assim, você precisa de um ‘Acordo de Confidencialidade’, que ocorre entre empresas e os colaboradores dela, e se aplica também com os possíveis compradores interessados. Dessa forma, com o acordo oficializado, o risco de dados serem vazados é minimizado e você evita uma dor de cabeça.

“Os motivos para vender uma empresa estão claros. O que vou fazer com o dinheiro da venda?”

Refletir e responder esta pergunta antes de tomar a decisão de vender a empresa é muito importante.

A venda ou a forma com que o pagamento for efetuado, poderá não ser necessário para investir em outra coisa.

“Como será minha vida quando não precisar ir à empresa?”

No fim da negociação, quando o acordo estiver fechado e a transferência estiver ocorrido, você pode colaborar com o novo empreendedor de forma indireta, ajudando com seus conhecimentos e suas experiências. Isso pode ser algo interessante para ambos os lados, até que o novo dono consiga dar sequência sozinho no negócio.

Além disso, você pode focar por um tempo em sua vida pessoal ou investir em novos negócios ou oportunidades.

“E se o comprador não pagar o combinado?”

Pode acontecer, mas existem condições para que não aconteça esse risco. Por isso, contar com a ajuda de um profissional minimiza os riscos que podem ocorrer durante a venda de uma empresa. Além disso, o contrato de venda de empresa é o documento final e garante a transferência segura da propriedade de um negócio do antigo dono para o novo.

“Quanto tempo pode levar até vender minha participação?”

Depende de vários fatores: poder de compra do comprador; momento econômico; situação do segmento; riscos associados à empresa; possibilidade de expansão; localização da empresa. Não é possível afirmar com exatidão, mas quanto antes começar a se preparar, antes a venda irá acontecer!

“Quanto tempo preciso dedicar ao processo de venda?”

Alguns processos de venda precisam de mais dedicação do que outros, mas independente de quanto tempo leve, nunca abandone seu negócio, pois o valor dele depende da trajetória e da dedicação

“Onde vou encontrar um comprador?”

motivos-para-vender-uma-empresaA BuyCo. também pode te ajudar com isso, usamos nossa plataforma para intermediar a compra e venda de empresas, nós conectamos pessoas que querem comprar empresas, ou seja, desejam empreender, com pessoas que querem vender sua empresa. Assim, a BuyCo. pode te auxiliar durante todo o processo da venda e conseguir alguém que se interesse pelo seu negócio.

 

Conclusão sobre os motivos para vender uma empresa

Existem vários desmotivadores, não é? E, apesar deles serem plausíveis, é necessário avaliar qual é a melhor opção e tomar uma boa decisão para dar o próximo passo.

Considere também qual foi o motivo que levou você a pensar em vender sua empresa: saber quais foram as motivações que levaram até isso é fundamental para compreender melhor e avançar para o próximo passo e, até mesmo, para agregar como aprendizado.

Sendo assim, coloque os dois numa balança, tanto os motivadores quanto os desmotivadores, e tome sua decisão. Mas, lembre-se, seja consciente: os riscos existem, é preciso administrá-los ao invés de fugir.

E, caso decida vender sua empresa, procure a BuyCo. para te ajudar. Conte conosco para que sua venda seja um sucesso!

ACESSAR A CALCULADORA DE VALUATION

 

 

 

 

relaçao-contratual-no-mEa

Relação Contratual no M&A: Documentos Precisos

calculadora-de-valuation-vale-a-pena

Por Que a Calculadora de Valuation Vale a Pena?

Contabilidade

Contabilidade: Dicas Para o Seu Negócio!