Banner Blog

Revolucione seu conhecimento.

Setor de Indústrias no Brasil: Quais são os Desafios em 2022?

setor-de-industrias

Em 2021, o setor de Indústrias respondeu por 22,2% do PIB nacional. Além de responder por 71,8% das exportações brasileiras de bens e serviços. Você sabia que, a cada R$ 1,00 produzido na indústria, são gerados R$2,43 na economia brasileira? Os dados são da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

O setor de Indústrias é extremamente importante no Brasil, e no mundo, empregando 9,7 milhões de trabalhadores, apenas no Brasil. A atividade industrial é considerada essencial para a economia de qualquer país.

Portanto, no artigo de hoje, vamos falar de alguns números de destaque no mercado, dentro do setor de Indústrias, assim como os desafios enfrentados. E para finalizarmos com chave de ouro, você também vai encontrar dicas para atuar e investir nessa área!

Então, vamos lá? Boa leitura!

Como Funciona o Setor de Indústrias?

Antes de tudo, é importante entender como funciona o setor de indústrias e quais tipos existem no mercado.

As indústrias transformam a matéria-prima em objetos que serão vendidos para consumo. Elas se instalam em lugares que têm mão de obra, energia, mercado consumidor e transporte. Portanto, elas extraem toda a matéria-prima e produzem todos os insumos que consumimos no dia a dia.

As indústrias podem ser classificadas em três grandes grupos:

  • Indústria de base: nessas indústrias, transforma-se a matéria-prima bruta em matéria-prima processada. Essa matéria-prima processada será usada em outros ramos industriais. Dessa forma, a indústria de base produz equipamentos para outras indústrias. Exemplos: mineradoras, petrolíferas, etc.
  • Indústria de bens intermediários: essas indústrias produzem matéria-prima processada para a produção de outros bens em outros ramos industriais. Ou seja, elas produzem insumos para que outras indústrias possam produzir. Exemplos: indústria que produz plásticos, produtos químicos, etc.
  • Indústrias de bens de consumo: essas indústrias produzem e seu produto já vai de forma direta para o mercado consumidor. Elas se dividem em indústrias de bens duráveis e não duráveis. Exemplos: indústrias de eletrônicos e eletrodomésticos (bens duráveis) e indústrias de alimentos e cosméticos (bens não duráveis).

No Brasil existem várias indústrias muito importantes para o país e para a economia, alguns exemplos de grandes indústrias são a Petrobras, AmBev, Vale, Fiat e todas essas são brasileiras. Além de outras indústrias mundiais, como por exemplo a Apple, Coca-Cola, Samsung, L’oreal, Toyota Motor, e muitas outras.

Agora que você já sabe um pouco como funcionam as indústrias e alguns exemplos, vamos conferir como está o mercado delas em 2022?

O Mercado de Setor de Indústrias

De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia (IBGE), a produção industrial caiu 2,4% em janeiro deste ano, em 2022, em relação ao mês anterior. O setor tinha avançado 2,9% em dezembro de 2021. Apesar de não ser uma porcentagem tão alta, esse foi o maior baque do setor.

Um dos motivos para a queda é a perda de dinamismo e o setor já estava apresentando taxas negativas durante o ano de 2021. Durante o ano, registraram oito taxas negativas.

O que supostamente explica o avanço no mês de dezembro é a antecipação da produção. Já que janeiro é um mês onde as pessoas tiram férias, além de acontecer diversas paralisações.

Verificamos que o mês de janeiro está bem caracterizado pela perda de dinamismo e de perfil disseminado de queda, uma vez que todas as grandes categorias econômicas mostram recuo na produção, tanto na comparação com o mês anterior quanto na comparação com janeiro de 2021”, afirma André Macedo, gerente da pesquisa do IBGE.

Os dados revelam que o setor de indústria se encontra 3,5% abaixo do patamar anterior ao começo da pandemia, fevereiro de 2020. O que explica a queda no setor industrial é que a indústria está perdendo dinamismo a cada ano, variando o custo de importação e sofrendo forte instabilidade por causa da inflação, além dos preços elevados por conta da energia.

Desafios Enfrentados do Setor de Indústrias

desafios-na-industria

Como falamos acima, a indústria vem perdendo o dinamismo, além de enfrentar diversos outros desafios. Além dessas questões, o Brasil ainda é um país extremamente dependente economicamente de outros países. Grande parte do faturamento do setor está nas exportações.

Ainda assim, o setor também precisa das tecnologias produzidas nos países mais desenvolvidos. 68,6% do investimento empresarial é em pesquisa e desenvolvimento, mas esse número ainda é pequeno, por consequência, a produção na área tecnológica também.

Portanto, um outro desafio da indústria, nos dias de hoje, está em buscar alternativas para diminuir essa dependência do setor com o exterior. Dessa forma, o setor industrial precisa pensar, investir e desenvolver projetos e planos governamentais que possibilitem a produção científica e tecnológica. Assim, o setor conseguirá ter mais autonomia com suas próprias produções.

Outra questão, é que a industrialização nacional não faz jus ao seu nome. Já que a distribuição de indústrias pelo Brasil é desigual. A maior parte das indústrias está na região sudeste, estados como São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Esses estados têm as indústrias mais desenvolvidas e modernas, além de terem as indústrias mais diversificadas, como por exemplo as principais organizações de produção energética, têxtil, alimentícia e automobilística. Por outro lado, a região do nordeste é a que tem menos força em relação a indústrias. No entanto, o nordeste está tentando mudar essa situação.

E por fim, o setor registrou queda em abril para a maior parte dos indicadores industriais. Os indicadores revelaram uma queda no emprego, faturamento, massa salarial e horas trabalhadas. Apenas o rendimento médio e a utilização da capacidade instalada permaneceram estáveis na comparação com março.

Dicas para o Mercado Industrial

Apesar dos desafios e cenários que o setor industrial vem sofrendo, o setor não deixa de ser essencial para a economia, geração de empregos, para o relacionamento com países externos e outros fatores que tornam esse setor tão popular no país. Por isso, preparamos algumas dicas para você, que deseja operar no setor ou quer trazer melhorias para o negócio.

1. Digitalizar a sua Indústria

Digitalizar sua indústria será como dar um passo à frente com o seu negócio! Se você acompanha nossos artigos, deve ter percebido que a maioria dos mercados está seguindo uma tendência de digitalização. E para a indústria, isso não pode ser diferente. Otimizar os processos da indústria irá permitir uma visão mais ampla do cenário e isso poderá ajudar na tomada de decisões mais precisas.

2. Tecnologia

Não é novidade para ninguém que tecnologia é a tendência da vez! A tecnologia pode padronizar e otimizar os processos da indústria. Além de tornar as indústrias mais flexíveis às mudanças do mercado.

Muitas pessoas pensam que ao automatizar atividades e processos, muitas pessoas irão perder seus empregos. No entanto, isso não é verdade. Com a automatização, ao invés do funcionário focar em tarefas manuais, ele poderá atuar de forma mais estratégica e ficar de olho se os processos estão de acordo com o padrão estabelecido. Por outro lado, nesse mesmo cenário, esse colaborador precisará se capacitar em outras habilidades para lidar com essa mudança.

Além disso, são diversos outros benefícios que a tecnologia irá trazer, como por exemplo, redução de custos, economia de energia, aumento de produtividade; precisão e qualidade dos produtos; segurança e eficiência na produção e muito mais!

3. Marketing Industrialmarketing-industrial

Esse marketing serve para atender empresas da Indústria. Esse marketing tem como objetivo pensar em ações inteligentes, que gerem resultado no setor industrial. Além de agregar valor aos produtos oferecidos e melhorar a posição do negócio no mercado.

Em conclusão, o setor industrial brasileiro é muito importante, ele é um dos maiores geradores de empregos no Brasil. Além de fortalecer todo o setor de produção. Esse setor é tão poderoso, que ele consegue impactar os demais setores da economia. A indústria também oferta os melhores salários para seus trabalhadores. Os trabalhadores de outros setores com ensino superior ganham, em média, R$ 5.887. No setor de indústria, o valor é 31,7% maior, R$ 7.756. Ocorre o mesmo com trabalhadores com ensino médio completo. A indústria paga R$ 2.434 na média para esse perfil de colaborador, um valor é 14,3% maior do que em outros segmentos.

Além dessas dicas, é preciso que você tenha ferramentas de controle e gestão do seu negócio. E, por fim, faça um plano de negócios, estude sobre o mercado de indústrias para ter uma visão geral. E no final de tudo, pense em ideias inovadoras e formas de aplicar todo o conteúdo aprendido no seu negócio. Todas essas dicas irão impulsionar o seu negócio atual ainda mais. Ou, quem sabe, no seu futuro negócio!

Conte com a BuyCo.!

Se você já estudou sobre o setor de indústrias, tem vontade de empreender no setor, e não sabe por onde começar, a BuyCo. pode te ajudar!

A BuyCo. é especialista em compra, venda e avaliação de empresas. Então, se você pretende comprar um negócio no Setor de Indústrias, o nosso Catálogo de anúncios é perfeito para você!

O Catálogo de anúncios têm diversas oportunidades de negócios para você, empreendedor! Ele contém empresas cadastradas que já fizeram o Valuation e passaram por uma curadoria feita pelos nossos consultores de negócio. Essas empresas contam com uma assessoria de ponta a ponta, ao longo de todo o processo.

O nosso MarketPlace contém empresas cadastradas, de forma direta, pelos donos dos negócios. Essas empresas não fizeram o Valuation e não passaram por nenhuma curadoria. Então, não têm garantia ou suporte por parte da BuyCo. Os anúncios dessas empresas ficam disponíveis apenas por 30 dias.

Por fim, existem vários negócios à venda no setor de indústrias! Conheça já nossas oportunidades, basta clicar no botão abaixo:

ACESSAR CATÁLOGO DE ANÚNCIOS

E, Além Disso…

Para te ajudar nessa hora de escolher o negócio, por que não fazer um Teste de Perfil Empreendedor?

Você pode escolher a oportunidade que mais lhe agrada e mais se adequa ao seu perfil. Inclusive, você pode definir o seu perfil empreendedor, com o nosso teste de perfil.

O teste foi criado pela BuyCo. com o intuito de orientar você a entender suas características empreendedoras. Dessa forma, você será capaz de entender melhor quais são os seus comportamentos, as suas competências e os seus pontos fracos.

Dessa forma, o teste pode te ajudar a escolher o seu negócios dos sonhos, de forma mais precisa. Afinal, ter em mãos um relatório com dados sobre você, pode te ajudar muito na escolha de um negócio que se adeque mais ao seu perfil! Para fazer o nosso Teste de Perfil Empreendedor, basta clicar no botão abaixo:

ACESSAR TESTE DE PERFIL BUYCO

calculadora-de-valuation-vale-a-pena

Por que a Calculadora de Valuation Vale a Pena?

Contabilidade

Contabilidade: Dicas Para o Seu Negócio!

Fusão-e-Aquisição-Motivadores-e-Dicas

Fusão e Aquisição: Motivadores e Dicas para um M&A de Sucesso