Banner Blog

Revolucione seu conhecimento.

O que é e qual a função de um Business Broker?

Você sabe o que é um Business Broker? O termo pode parecer estranho, mas nos EUA é uma profissão muito conhecida e que está crescendo, também, aqui no Brasil. São os famosos corretores de empresas ou de negócios. Assim, de forma simples, são os responsáveis por intermediar os processos de compra e de venda de empresas.

Se você ainda não sabe o que é um Business Broker e o que ele faz, continue com a leitura do artigo para conhecer essa tendência crescente no Brasil, seja para comprar ou para vender uma empresa ou se tornar um deles.

Então vamos lá? Boa leitura!

O que é um business broker?

No Brasil, esta é uma profissão nova e pouco conhecida, porém fundamental no sucesso e na conclusão de um processo de compra e venda de empresas. Apesar de ser um mercado novo, já existem profissionais com ampla experiência na área, como é o caso dos da BuyCo.

Os business Brokers, corretores de negócios, corretores de empresas ou intermediários, ajudam os compradores e os vendedores de empresas de capital fechado no processo de compra e venda. Então, são agentes intermediários de todo o processo, de forma a garantir uma negociação benéfica e segura para ambas as partes.

O objetivo principal é facilitar e mediar os processos de forma imparcial, analítica e profissional, focados no sucesso da venda, na transparência e na segurança de ambas as partes. Além disso, ele funciona como amortecedor entre o comprador e o vendedor, de forma aberta e franca, discutindo como as diferenças de pontos de vista podem ser resolvidas.

Em geral, atuam na venda de pequenos e médios negócios (isto é, empresas avaliadas em até R$ 500.000,00), trabalhando tanto para os vendedores, como para os compradores, de forma que ambos encontrem o melhor acordo. Assim, podem representar apenas uma das partes ou ambas, se todos concordarem.

foto-de-business-broker-com-seus-clientes-apresentando-documentos-para-fechar-um-negocioAlém disso, os brokers também agregam valor. Um dos maiores serviços prestados por corretores é a capacidade de permitir que os donos mantenham o foco nos negócios durante o processo de venda, o que pode levar, em média, de 3 meses a 2 anos para ser concluído.

Sua presença não é uma exigência para a compra ou a venda de uma empresa. Porém, uma vez contratado, o corretor fornecerá toda sua expertise para assessorar da forma mais assertiva possível todo o processo, garantindo que todas as partes sejam pagas e que a transação ocorra da forma mais benéfica para todos.

Como se tornar um business broker?

No Brasil não existem requisitos específicos de licenciamento e, por ser uma profissão nova, poucos são os escritórios que pertencem ao IBBA.

Os business brokers são profissionais que trabalham em multitarefas. Afinal, a compra e a venda de empresas é um processo moroso, devido aos inúmeros itens que devem ser feitos para concluí-lo com sucesso.

É fundamental então que o profissional dê as coordenadas para que a transação ocorra da melhor forma possível, o que economiza tempo, esforço e dinheiro de ambas as partes.

Por isso, eles precisam ter noções de:

FINANÇAS E CONTABILIDADE

É fundamental o estudo de toda a parte contábil e financeira do negócio. Além disso, a ferramenta principal para a venda de empresas é um bom Valuation que fornece a precificação da empresa (isto é, estima o valor do negócio) para dar sequência aos próximos passos da negociação.

E é o business broker ou escritório responsável que estabelece o Valor Mais Provável de Venda. É importante lembrar que as técnicas usadas pelos corretores individuais podem variar muito neste processo. Por isso, contrate profissionais que tenham experiência e know-how nesses processos para encontrar o valor mais assertivo do seu negócio.

MARKETING

Toda a inteligência da estratégia se inicia aqui: o broker deve anunciar para o mercado a venda do negócio sem revelar a identidade da empresa, além de entender quais são os pontos fortes e os fracos, as entradas de novos mercados e, claro, saber identificar e abordar, mesmo que de forma inicial, os grupos de potenciais compradores. Logo, é fundamental que o corretor seja profissional para manter o sigilo.

NEGOCIAÇÃO

São os business brokers que lidam com os potenciais compradores, fazendo um filtro entre o objetivo da compra e o negócio em questão para venda. Aqui, o broker usa estratégias e coloca na mesa os assuntos, as discussões e as negociações com potenciais compradores, o que facilita o progresso da diligência de investigação e, em geral, ajuda com a venda de negócios.

É sua função facilitar o andamento das negociações e investigações, bem como, responder todas as perguntas de ambas as partes envolvidas no processo.

JURÍDICO

Os trâmites finais que efetivam a venda de uma empresa com segurança são a abordagem da parte jurídica empresarial, onde o broker tem como função apresentar todo o acordo comercial aos advogados e garantir que o mesmo garanta ambas partes.

Para que um broker tenha essas habilidades bem desenvolvidas, se fazem necessários estudos específicos, um bom network, a credibilidade junto ao mercado, o contato com grupos empresariais ou investidores, a experiência e a educação em negócios e, claro, fazer parte de redes ou escritórios especializados neste setor ou que possam agilizar a venda, como os contadores e os advogados.

Quais as funções de um business broker?

Ao longo do artigo já deu para entender algumas funções do business broker, certo? Vamos elencar de forma resumida o que se espera que ele faça durante a negociação:

  • foto-de-business-broker-falando-ao-telefoneFazer a avaliação da empresa de forma completa e profissional para determinar, de forma justa e segura, o preço de venda mais provável;
  • Preparar os documentos necessários;
  • Prestar serviços de auditoria, de aconselhamento e de assessoria da empresa para que o negócio se torne melhor e mais atraente;
  • Divulgar o negócio para um público amplo, mas mantendo o sigilo;
  • Identificar, abordar e apresentar os potenciais compradores para o negócio (ou os potenciais vendedores);
  • Identificar os interesses das partes de forma a selecionar o negócio certo para cada um;
  • Mitigar os riscos;
  • Lidar com as entrevistas, as discussões e as negociações iniciais;
  • Apresentar um resumo da oferta aos potenciais compradores após a assinatura de um acordo de sigilo;
  • Facilitar o encontro entre as partes;
  • Elaborar as ofertas;
  • Dirigir e acompanhar as negociações após as ofertas terem sido feitas;
  • Facilitar a due diligence e as demais investigações, além de responder as eventuais perguntas das partes;
  • Facilitar o fechamento da transação;
  • Auxiliar e orientar os compradores a conseguirem financiamentos para realizarem a compra;
  • Apresentar o acordo comercial aos advogados de ambas as partes.

Outras funções podem se fazer necessárias ao longo das negociações e conforme as especificidades do negócio.

Conclusão:

Contratar um corretor não é um gasto, mas sim, um investimento. Encare isso como algo que agrega valor à transação. Conte com o profissionalismo e expertise dos profissionais da BuyCo. Nossos business brokers são especialistas em micro e pequenas empresas e estão prontos para te auxiliar em qualquer parte do processo. Além disso, desenvolvemos um método próprio de avaliação de empresas que, além de seguro e completo, é acessível e 100% digital.

QUERO SABER QUANTO VALE MINHA EMPRESA!

Caso sua empresa tenha um porte maior, não se preocupe. A BuyCo. já criou soluções para te atender. Quer saber mais? Então é só clicar aqui e entrar em contato!

anunciar-minha-empresa

Como anunciar minha empresa para a venda?

Múltiplo de EBITDA: o que é e como usar no Valuation

Fluxo de Caixa Descontado (FCD): o que é, para que serve e como calcular