Banner Blog

Revolucione seu conhecimento.

Passar o ponto comercial ou vender a empresa? Entenda a diferença

Passar o ponto comercial ou vender a empresa? Essa é a dúvida de muitos empresários. Além disso, muitas pessoas não sabem a diferença entre essas duas transações e acreditam que ambas são a mesma coisa. Essa confusão pode atrapalhar muito sua negociação!

No artigo de hoje, vamos te mostrar que passar o ponto comercial e vender a empresa não são a mesma coisa. Ao final, você entenderá as diferenças para saber aproveitar cada uma dessas oportunidades quando decidir trilhar outro rumo e precisar se desfazer do negócio. Assim, você poderá evitar a morte da empresa que você se dedicou tanto para construir e encontrar um novo dono.

Então vamos lá? Boa leitura!

Diferença entre passar o ponto comercial e vender a empresa

Para entender as diferenças entre passar o ponto comercial e vender a empresa, é preciso entender a finalidade de cada transação. No caso da venda, a finalidade é comercial. Já na passagem do ponto, a finalidade é imobiliária. Por isso, antes de pensar em passar o ponto ou vender a empresa, identifique o que você deseja passar adiante.

Além disso, para escolher a melhor opção para o seu caso, é preciso entender não só a diferença, mas também o tempo em que você espera concluir a transação. Veremos cada uma das transações com detalhes abaixo.

Vender a empresa

foto-de-mulher-diante-de-placa-de-venda-de-empresaA venda de empresas é muito comum em outros países e no Brasil ela tem se tornado cada vez mais frequente também, afinal, as vantagens de adquirir uma empresa em operação são enormes.

Quando uma empresa é colocada à venda, é possível negociar toda a estrutura física, ativos, contratos, estoque, marca, funcionários, carteira de clientes, isto é, todos os elementos da empresa para que ela continue em operação. Nos dias atuais, muitas pessoas buscam formas mais rápidas de empreender através da compra de uma empresa em operação, aproveitando todas as vantagens já existentes e podendo fazer certas mudanças para melhorar ainda mais o negócio e torná-lo mais competitivo e lucrativo. Essas vantagens são os principais pontos de valor do negócio.

Existe também a chance de venda parcial da empresa. Isso se dá quando o dono busca um novo sócio, ou quando algum sócio decide sair e vender sua parte. De novo, a empresa continua em plena operação. Legal, não é mesmo?

Cuidados ao vender a empresa

Nem tudo são flores e a venda de empresas exige certos cuidados!

Vender uma empresa é um processo, em geral, mais lucrativo, porém mais lento em relação a passar o ponto. Afinal, para vender a empresa é preciso encontrar potenciais compradores e convencê-los acerca das vantagens de comprar sua empresa em operação, mostrar que a empresa tem futuro, clientela e viabilidade financeira, provar números e comprovar seu motivo de saída. Afinal, pode ter quem queira comprar um negócio que não está bem, para se aventurar em melhorias, porém essa não é a maioria dos casos. Quem compra uma empresa em operação, em geral, busca uma empresa consolidada para acelerar todo o processo de empreender.

No caso da venda, também é imprescindível manter o sigilo em relação a funcionários e concorrentes. Os primeiros podem se sentir em risco e buscarem novas oportunidades ou podem apresentar certa resistência. Os últimos podem tentar interferir nas negociações com possíveis compradores. Em geral, apenas após o fechamento é que é hora de anunciar a nova direção.

Além disso, ao vender sua empresa, indicamos que você realize a avaliação de empresas. Assim, toda a negociação ocorrerá com base no valor justo do negócio, sem sacrificar nenhuma das partes. Além disso, você terá uma análise completa para apresentar para possíveis compradores.

QUERO SABER QUANTO VALE MINHA EMPRESA PARA A VENDA!

Passar o ponto comercial

foto-de-empresa-com-placa-para-passar-o-ponto-comercialAntes de mais nada, é preciso esclarecer o que é um ponto comercial. Ponto comercial é o local físico onde a empresa está estabelecida e desempenha suas funções.

Mesmo que o imóvel não seja de propriedade do dono do negócio, isto é, seja alugado para fins comerciais, por lei, ele tem assegurado o direito ao ponto comercial.

Ao optar por passar o ponto comercial, a transação se dá de forma imobiliária. Isto é, quem assume o ponto comercial não necessariamente seguirá com a operação da empresa que ocupava aquele local. Dessa forma, o novo dono mudará a estrutura, o nome e, muitas vezes, o segmento de mercado. Dessa forma, ao passar o ponto, o que é negociado é o direito de explorar o ponto comercial, isto é, o local físico. Faz sentido, não é mesmo?

Ao passar o ponto comercial, o objeto transacionado é o ponto. Logo, quanto mais valorizado ele for, maior o seu preço. É comum que esses imóveis se valorizem mais do que se depreciem, em especial, em centros comerciais. Além disso, reformas e benfeitorias feitas pelo antigo dono também podem valorizar ainda mais o ponto.

Cuidados ao passar o ponto comercial

Vale destacar que, caso o local não seja próprio, mas sim, alugado, o antigo dono poderá se desligar do imóvel sem precisar pagar multa rescisória, já que um novo locatário assumirá o ponto e seguirá com o contrato. Nesse caso, assim como na venda, é fundamental dar conhecimento ao dono do imóvel e o contrato só poderá ser transferido com a concordância do locador.

Como é possível perceber, passar o ponto comercial pode ser mais simples e mais rápido do que vender a empresa. Porém, a negociação tende a ocorrer a preços muito mais baixos, afinal, você está negociando apenas o ponto (conte com a ajuda de uma imobiliária experiente para avaliar o local) e é preciso se preocupar com alguns fatores, como, o que fazer com o estoque ou com a estrutura caso o novo dono queira apenas o espaço. Além disso, nesse caso, a necessidade de sigilo também é muito menor.

Entre as variáveis que valorizam o ponto estão: tamanho do imóvel, padrão construtivo, existência ou não de estacionamento, localização, valor do aluguel, tipo do ponto, valor de impostos, tempo restante de contrato, tamanho da fachada, benfeitorias e reformas, entre outros.

Por isso, o interessado deve aceitar assumir o contrato atual e toda a responsabilidade jurídica, pagar uma compensação financeira pelas benfeitorias realizadas e pela atratividade do ponto que seu negócio ajudou a construir.

Conclusão

Viu só que existem opções muito vantajosas para se desfazer do seu negócio? Fechar é a pior das alternativas, pois, além de provocar a morte da empresa que você tanto se dedicou para construir, você sairá com uma mão na frente e outra atrás, sendo que existem alternativas muito rentáveis.

Em especial em momentos de crise, como a que estamos passando, os negócios sofrem gradualmente e muitos empresários acabam decidindo fechar sem ao menos considerar vender ou passar o ponto.

Além de problemas financeiras, outras causas podem motivar a passagem do ponto ou a venda da empresa: mudança geográfica, nova oportunidade, aposentadoria, necessidade imediata de dinheiro, problemas familiares ou de saúde, problemas de sociedade, entre outras. Vale quebrar esse preconceito de mercado de que um negócio por estar sendo vendido ou passando o ponto está quebrado. Mesmo que esteja, essa situação se alterar e o próximo dono pode mudar esse rumo.

Independente da forma escolhida, passar o ponto comercial ou vender a empresa, é preciso considerar todos os processos necessários, os motivos para venda e o valor da negociação. É preciso considerar prós e contras para se decidir, preparar o negócio e criar sua argumentação de venda, afinal, os interessados vão questionar o porquê de você estar abrindo mão do seu negócio. Além disso, qualquer transação será muito mais ágil se o empresário se antecipar e organizar toda a documentação e as pendências da empresa para apresentá-las ao comprador de forma transparente, o que evita surpresas desagradáveis.

Conte com a BuyCo.

A BuyCo. é uma plataforma que usa a tecnologia para intermediar a compra e venda de pequenas empresas com segurança, acessibilidade e agilidade. Nossos consultores de negócios estão prontos para te ajudar a tomar sua decisão, avaliar sua empresa, te acompanhar e orientar ao longo de todo o processo. Conte conosco!

QUERO SABER QUANTO VALE MINHA EMPRESA PARA A VENDA!

Caso sua empresa tenha um porte maior, não se preocupe. A BuyCo. já criou soluções para te atender. Quer saber mais? Então é só clicar aqui e entrar em contato!

 

 

anunciar-minha-empresa

Como anunciar minha empresa para a venda?

Múltiplo de EBITDA: o que é e como usar no Valuation

Fluxo de Caixa Descontado (FCD): o que é, para que serve e como calcular