Banner Blog

Revolucione seu conhecimento.

Comunidade Empresarial: Por Que Criar Uma Comunidade Na Sua Empresa?

porque-criar-uma-comunidade-dentro-da-sua-empresa

O termo “comunidade” pode ter diversos significados e pode ser usado em diversos contextos. Esse conceito vem sendo amplamente usado em empresas, que querem manter seus colaboradores engajados, além de atribuir os valores de uma comunidade para o próprio negócio.

Portanto, nesse artigo vamos explicar o que são as comunidades empresariais e porque criar uma comunidade dentro da sua empresa.

Então, vamos lá? Boa leitura!

o-que-e-comunidadeO Que É Uma Comunidade?

A palavra ‘Comunidade’ tem dois significados no dicionário, são eles:

  1. estado ou qualidade das coisas materiais ou das noções abstratas comuns a diversos indivíduos; comunhão.
  2. concordância, concerto, harmonia.

Dessa forma, a comunidade pode ser entendida como agrupamento de pessoas, união, conexão e proximidade. Em uma comunidade existe confiança, igualdade, respeito, colaboração, envolvimento, comunicação eficaz e resolução de conflitos de forma saudável.

E você deve estar se perguntando como esse termo começou a ser usado nas empresas?

Esse termo surgiu a partir das estratégias do Marketing de Comunidade, através do interesse pelo engajamento das pessoas e da construção do conjunto de valores do negócio. O conceito que vamos abordar aqui é de Comunidades empresariais, no sentido de, a empresa implementa esse modelo como forma de aproximar o colaborador com a empresa. Dessa forma, os colaboradores vão se sentir mais próximos e engajados, e irão buscar atuar ativamente para o crescimento do negócio.

Antes-de-criar-uma-comunidade-e-preciso-culturaAntes De Criar Uma Comunidade, É Preciso Ter Cultura

Antes de criar uma comunidade no seu negócio, é preciso ter cultura empresarial esclarecida. Afinal de contas, não é possível falar de comunidade empresarial, sem explicar a cultura empresarial.

A cultura empresarial ou organizacional é a soma de atitudes, comportamentos, missão, visão, valores e propósito da empresa. Ela está diretamente ligada às pessoas internas, no entanto, é uma questão que pode influenciar a comunicação externa e o relacionamento com os clientes. A cultura vai muito além de regras ou normas institucionais, ela interfere no comportamento do time da empresa e ela vai ditar a forma como as coisas são feitas dentro de uma organização.

Diferente do clima organizacional, que pode mudar diversas vezes em um mesmo dia, a cultura organizacional pode permanecer intacta durante anos. Isso porque se uma cultura for forte, é muito provável que os colaboradores agirão de acordo com a cultura e não haverá falhas quanto ao entendimento da missão e visão do negócio.

De acordo com pesquisadores do tema, a cultura nasce dos princípios, crenças e valores dos fundadores e principais líderes da empresa. E para implementar uma cultura interna de sucesso na sua empresa é preciso seguir alguns passos, vamos apresentar a seguir 5 passos importantes, confira eles:

1. Estabeleça Os Valores Do Seu Negócio

Esse passo é importante para encontrar os valores que você preza e servirão como base. Por exemplo: se você preza por uma conduta íntegra, defina a ética como um dos valores. Dessa forma, você pode escolher quais serão os elementos-chave, esses serão os elementos priorizados e adotados por toda a equipe da empresa.

2. Propague Esses Valores

É importante propagar e transmitir os valores, seja em reuniões, apresentações, comunicação interna e externa, canais internos e externos, dentre outras formas. Assim, os colaboradores vão compreender esses valores, absorve-los e agir de acordo com eles. Além disso, as pessoas irão associar esses valores com o negócio à medida que esses valores forem sendo institucionalizados.

3. Incentive as Boas Práticas

A cultura é o caráter do negócio, então, incentivar as boas práticas é um dos passos principais para implementar cultura na sua empresa. Em outras palavras, é importante recompensar as pessoas e ações que apoiem os valores da empresa.

Avalie os eventos que acontecem no negócio, sejam eles formais ou informais. Ainda, crie programas para fortalecer as ações que estão de acordo com os valores e prioridades da empresa.

Se a empresa tem um dos seus valores ‘estar sempre aprendendo algo’ e existe um grupo de pessoas na empresa que se reúnem para compartilhar conhecimentos sobre determinado software, porque não investir em um curso ou especialista para ensinar essas pessoas sobre o determinado software?

4. Avalie e Aperfeiçoe a Cultura da Sua Empresa

Da mesma forma que as empresas avaliam a satisfação dos clientes em relação ao produto/serviço, é importante monitorar a percepção dos colaboradores em relação a empresa. Você pode fazer esse monitoramento por meio de formulários, pesquisas, etc.

Se houver insatisfações por parte dos colaboradores, você deve perguntar o que deve ser feito e tentar reparar ou melhorar isso.

5. Não Deixe de Recompensar Seus Colaboradores

E por fim, um passo muito importante na implementação da cultura é recompensar os colaboradores.

Dessa forma, crie políticas de relacionamento, valorize os colaboradores e crie programas de valorização, envolva os funcionários em atividades fora da empresa, como por exemplo almoços, happy hours, entre outras atividades.

Tudo isso para que o colaborador se sinta mais conectado com a empresa e com a cultura da organização, dessa forma, os valores ficarão cada vez mais claros e será cada vez mais simples de agir de acordo.

Porque Criar Uma Comunidade?porque-criar-uma-comunidade

Agora que você entendeu o conceito de comunidade e que para criar uma na sua empresa, é preciso, antes, ter uma cultura bem definida e forte. Isso porque a cultura ajuda a criar um caráter para a empresa, determina os valores da empresa, reforça a missão e visão do negócio. Por fim, entender todos esses pontos é essencial para criar uma comunidade, afinal de contas, as pessoas se sentem conectadas com aquilo que elas conhecem e assemelham-se.

Portanto, ter um senso de comunidade é ótima forma de criar conexão entre os colaboradores e a empresa e além desse, existem diversos outros benefícios que exemplificam e respondem a seguinte pergunta: porque criar uma comunidade?

Senso De Pertencimento

Uma coisa é: chegar na empresa, trabalhar e depois, ir embora para casa. Outra coisa é: chegar na empresa, interagir com seus colegas de trabalho e gostar de fazer as tarefas que o trabalho demanda. Quando há conexão entre os colegas de trabalho, e existe grupos de afinidade, o senso de conexão da empresa, como um todo, aumenta. Nesse sentido, o próprio colaborador, individualmente, sentirá um certo senso de pertencimento em relação ao negócio.

Retenção De Talentos

Como resultado desse senso de pertencimento, a chance de os colaboradores procurarem outra oportunidade de emprego diminui. Os funcionários se sentem parte daquela comunidade e sentem conexão com aquilo que fazem, com as pessoas que trabalham e no geral, se sentem conectados com a companhia. Assim, criar uma comunidade facilita a retenção de colaboradores, isso pode ser muito benéfico, principalmente com talentos do negócio.

+ Engajamento, + Motivação, + Produtividade

Além disso, os funcionários se sentem mais engajados, já que eles estão conectados com os objetivos e valores da empresa, então, eles se sentem mais engajados para contribuir e colaborar com a comunidade. Esse engajamento gera mais motivação e produtividade. Assim, os colaboradores ficam mais inspirados a alcançar as metas e objetivos da empresa, já que todos os colaboradores estão conectados com um propósito igual. Consequentemente, toda essa motivação, engajamento e esforço acabam resultando em uma maior produtividade.

Valorização Dos Funcionários

Como mencionamos acima, é importante recompensar os colaboradores por atitudes condizentes com os valores da empresa. Como por exemplo, presentear, nem que seja por meio de pequenos agrados, os funcionários. Pode parecer algo simples, mas é justamente atitudes como essa que fazem o colaborador se sentir lembrado e valorizado. Isso reforça a cultura organizacional, o que contribui para o senso de comunidade.

Mas é importante deixar claro que apenas presentear os funcionários não é suficiente. O colaborador precisa também ser valorizado, com palavras, por suas ações e trabalhos, que fizeram sentido e contribuíram de alguma forma para a empresa.

Escutar feedbacks negativos também são essenciais, já que eles evidenciam os pontos que precisam de melhoria. O feedback, apesar de soar como algo ruim, pode ser uma forma de mostrar para o colaborador que, justamente por ser um membro pertencente da comunidade, que ele precisa de certos ajustes para voltar a caminhar junto com a empresa.

+ Satisfação, + Colaboração

Colaboradores valorizados e satisfeitos são colaboradores que elogiam e recomendam a empresa para outras pessoas. Você já percebeu como certas empresas no Glassdoor são bem avaliadas, enquanto outras não? Essa satisfação depende de uma série de fatores, mas uma cultura organizacional forte e um senso de comunidade, quando bem definidos e reforçados, são grandes aliados para a satisfação do funcionário.

Quando um funcionário está satisfeito e recomenda a empresa para outra pessoa, ele pode indicar funcionários, principalmente pessoas que ele acredita que são competentes e possuem sintonia com a empresa. Dessa forma, o próprio colaborador age como um contribuinte para a aquisição de novos talentos.

Como também, a empresa pode ganhar mais vantagem competitiva no mercado, já que a satisfação de seus funcionários ocasiona em uma boa recomendação, e até mesmo em uma boa avaliação em sites como o Glassdoor.

Por consequência, funcionários mais satisfeitos são funcionários mais felizes e saudáveis em relação ao âmbito empresarial. Dessa forma, os colaboradores tendem a comunicar mais, aumentando as conexões existentes, trocando experiências, ideias, habilidades, e como resultado disso é a maior colaboração entre os colaboradores. Dessa forma, a equipe pode se tornar mais inovadora e caso alguém da equipe saia por algum motivo, reduz a perda de conhecimento, uma vez que existe tanta troca de conhecimento entre as pessoas do time e da empresa.

como-construir-uma-comunidadeComo Criar Uma Comunidade

Criar uma comunidade empresarial tem a ver com construir e desenvolver juntos com os objetivos da empresa, dessa forma, todos os colaboradores estão colaborando juntos para a empresa crescer e prosperar. Em uma comunidade, os propósitos e os motivos pelos quais as pessoas trabalham juntas são muito claros, e os membros entendem, agem de acordo e estão conectados a eles. Além disso, o senso de pertencimento e envolvimento é algo que faz muita diferença para os colaboradores.

Existem algumas ações para criar uma comunidade, são elas:

Definir Ou Relembrar, Qual É O Propósito, Missão E Visão Da Empresa

Dessa forma, tanto os colaboradores, quanto os funcionários, entenderão quais são os objetivos e qual é a ‘’razão de existir’’ da empresa, assim será muito mais simples definir qual será o propósito da comunidade.

Medir O Clima Da Empresa

Verifique se os colaboradores estão satisfeitos e faça possíveis melhorias.

Construir Um Clima Saudável

O clima saudável é quando os funcionários se sentem confortáveis, o ambiente físico do escritório é agradável e harmônico, a relação entre os colaboradores é pacífica, entre outros fatores que demonstram um clima organizacional mais saudável, leve e agradável.

Para implementar um clima saudável na sua empresa, é importante realizar: pesquisa de clima, ter metas mais reais e alcançáveis (para não sobrecarregar os funcionários), tenha uma relação próxima com os colaboradores (escute e entenda-os sempre que possível), melhore a comunicação interna da empresa (transparência na comunicação a torna mais eficaz), entre outras ações que colaboram para um clima mais saudável na empresa.

Abraçar A Diversidade

É dever da empresa abrir as portas para a diversidade, dessa forma, os colaboradores sentirão mais liberdade, se sentirão mais acolhidos no ambiente empresarial e serão capazes de se abrirem mais, seja para dar ideias, pontos de vista diferentes, e para serem elas mesmas.

Gerar Conexão Entre Líderes E Colaboradores

Por meio da comunicação transparente, reuniões, eventos e para que haja uma boa comunicação é preciso que exista liberdade, respeito, humanidade e acolhimento.

Dar Feedbacks

Como falamos em tópico anterior, os feedbacks são essenciais para o colaborador entender quais são seus erros e acertos. Além disso, quanto mais o líder participar desses momentos, e tiver uma comunicação transparente com a equipe, e motiva-los, mais engajados os colaboradores se sentirão e mais o sentimento de pertencimento se fortalece.

Resolver Problemas Juntos Em Colaboração

Os problemas podem ser resolvidos entre a equipe, assim, o senso de colaboração, engajamento e pertencimento aumentam.

Construindo Uma Comunidade Remotaconstruindo-uma-comunidade-remota

Com a pandemia, muitos funcionários passaram a se queixar da falta de engajamento e da perda do senso de comunidade, que antes, indo presencialmente ao escritório, eram coisas que sempre eram reforçadas.

Apesar da melhora no quadro de pandemia, muitas pessoas continuam e se adaptaram ao modelo home office, no entanto, o modelo remoto ainda precisa de certos ajustes, para que os colaboradores, mesmo trabalhando de casa, ainda se sintam engajados. Para construir uma comunidade remota, você precisa:

1- Organizar Reuniões Gerais Onde Todos Os Setores Participem:

Como afirma John Boitnott, consultor de mídia digital e investidor: “Para manter os funcionários focados e motivados, é importante lembrá-los consistentemente de que eles fazem parte de duas equipes: a de seu departamento e a da empresa como um todo.”

Alguns funcionários possuem tarefas mais individuais, ou fazem parte de equipes menores, dessa forma, organize reuniões onde todos da empresa possam se conectar e interagir juntos, seja sobre atualizações da empresa ou para fazer dinâmicas entre os colaboradores. Embora poucas pessoas falem durante a reunião, é importante criar rotinas de reuniões gerais para que os colaboradores se sintam conectados com a empresa.

Além disso, é importante permitir e incentivar que os funcionários acompanhem, remotamente, outros funcionários e outras equipes para ajudá-los ou até mesmo para aprender mais sobre outras áreas da empresa, dessa forma, os colaboradores podem se conectar e conhecer mais sobre outras áreas e colaboradores da empresa.

2- Estabelecer Conexão Entre Metas Gerais E Metas Pessoais:

Para aumentar a conexão na empresa é importante saber quais são as metas pessoais dos colaboradores, dessa forma, eles sentirão que estão sendo ouvidos e percebidos dentro da companhia. Além disso, os colaboradores precisam entender que seus objetivos pessoais alimentam os objetivos maiores da empresa, isso impulsiona a conectividade entre o funcionário e a empresa, e a motivação de cada um deles.

3- Política De Valorização Dos Colaboradores:

A política de valorização dos colaboradores usada no modelo presencial para fortalecer a cultura e contribuir para o senso de comunidade precisa existir, também, no modelo online. Afinal de contas, os colaboradores que ficam em casa também precisam ser valorizados pelo o trabalho que vem fazendo.

Um exemplo desse tipo de política de valorização foi o ‘’Valorizei’’, criada pelo time de Relações Humanas da BuyCo. Nessa política os colaboradores enviam recados uns para os outros, com o objetivo de valorizar alguma ação que condiz com algum valor da empresa. O recado disponibiliza todos os valores que definem a BuyCo., o colaborador deve marcar qual valor ele identificou na ação/trabalho do outro colaborador e escrever uma pequena mensagem reconhecendo e valorizando isso!

4- Implementar Plataformas:

O Gather é um espaço virtual interativo e dinâmico que promove o encontro de pessoas, de forma online. As pessoasGather podem se encontram em um espaço que é um escritório virtual, acomodando até 25 usuários, que são representados por avatares. A plataforma é dinâmica e pode ser usada pelos colaboradores como forma de promover a integração entre eles.

As empresas podem incentivar o uso de plataformas como o Gather como forma de promover interação e integração entre os colaboradores da empresa. Dessa forma, a plataforma pode ser usada para imitar ‘’interações’’ naturais que o modelo presencial proporciona, como por exemplo, os intervalos durante o expediente, que são momentos onde os colaboradores podem se reunir para conversar sobre assuntos além do trabalho, assim, plataformas como o Gather servem para substituir essas interações.

Mas é importante salientar que plataformas como essas e outras não suprem o ‘’afastamento físico’’ do home office, dessa forma, sua empresa precisa criar outras formas para compensar as questões que são agravadas no modelo remoto, são elas: comunicação, integração, acesso às informações.

Empresas Que Criaram Uma Comunidade

Diversas empresas já implementaram diferentes exemplos de comunidade em seu meio. Nesse tópico vamos mencionar dois exemplos de empresas que implementaram o conceito de Comunidade em seus negócios: Google e a BuyCo.

Googlegoogle

A Google, frequentemente, aparece nos principais rankings de melhores empresas para trabalhar. Além dos ótimos salários da empresa, a Google está sempre motivando seus funcionários com benefícios, uma cultura definida e extremamente forte. A empresa tornou-se referência nesses pontos quando se trata de gestão de pessoas. Não é atoa que fizeram um filme para retratar a sede da Google na Califórnia.

A empresa valoriza a colaboração e no espaço físico a empresa incentiva e estimula o trabalho mútuo e o desejo de mudar o mundo. Fazem parte da cultura da empresa as seguintes palavras: diversão, sonhos, desafios e valorização.

Dessa forma, os funcionários são motivados a criar ideias inovadoras e como resultado disso, tem-se as soluções tecnológicas que a Google constantemente apresenta e colaboradores cada vez mais satisfeitos.

A cultura é tão importante que ela criou um cargo especialmente para criar e reforçar a identidade da empresa, CCO (Chief Culture Officer).

A Google Oferece:

  • Plano de Benefícios, que possui até mesmo pacotes de vantagens para viajar pelo mundo;
  • Alimentação gratuita nas sedes e filiais: café da manhã, almoço, lanches e janta;
  • Os colaboradores podem usar smartphones, tablets e chromebooks antes mesmo de eles serem lançados. E ainda, pode dar sugestões para melhorar os produtos.
  • Permissão para levar pets;
  • Benefícios para mães;
  • Incentivo à atividade física;
  • Estrutura horizontal (estrutura sem hierarquia);
  • Liberdade no dia a dia.

Em conclusão, podemos perceber que a Google ao fortalecer sua cultura e criar um senso de comunidade dentro da empresa, conseguiu torna-los mais motivados, proporcionar bem-estar, conceder mais liberdade, que deve ser usada com bom senso, e criar um ambiente sem julgamentos, onde as pessoas possuem muita liberdade, mas também são extremamente produtivas e entregam excelentes resultados. O foco da Google é a inovação, e a empresa conseguiu impulsionar isso através do incentivo. A cultura incentiva os funcionários a fazer perguntas, dar ideias, compartilhar informações, assim, eles se sentem seguros para arriscar e isso cria um ambiente de colaboração e inovação.

BuyCo.munidade

A BuyCo. decidiu implementar o conceito de comunidade no ano de 2021, e desde então a empresa e vêm cada dia mais fortalecendo sua cultura e adotando novas práticas e ações para engajar e motivar os colaboradores. Como consequência disso, as pesquisas de satisfação demonstraram que os colaboradores estão mais engajados com o propósito da BuyCo., e o nível de satisfação apresentou um aumento.

A missão da BuyCo. é ‘’impactar o mundo dos negócios’’. A empresa surgiu para simplificar a compra e venda de empresas, facilitando o empreendedorismo. Os valores são: comprometimento com o sucesso; obstinados por melhoria e focados na solução; gerar encantamento e comunicação eficiente. Nossos valores demonstram a cultura da empresa e ainda existe um ubuntu que diz ‘’Só somos o que somos porque juntos somos BuyCo.

Esses elementos serviram de base para a empresa implementar sua cultura e reforçar na mente de cada colaborador como seria a ‘’essência’’ da cultura da empresa. Além da definição clara da missão e dos valores do negócio, a BuyCo. implementou uma série de ações com o objetivo de reforçar a cultura e engajar os funcionários.

As Ações Que A Buyco. Realiza, Atualmente, São:

  • Evento de cultura, realizado anualmente, chamado de ‘’Valoriza BuyCo.’’ – O evento dura horas e possui diversas palestras reforçando os elementos e pontos que constituem a cultura da empresa. Após isso, um happy hour com comes e bebes. Além disso, a empresa distribui brindes, valoriza diversos colaboradores durante o evento e o evento possui dinâmicas;
  • Dia das profissões: cada colaborador recebe um pequeno agrado, parabenizando-o pelo dia da determinada profissão, no dia especifico.
  • A BuyCo. implementou o sistema de Partnership, que busca incentivar os funcionários e reter talentos na empresa. Junto com esse sistema, os colaboradores recebem moedas que representam cada mês que ele tem de empresa. Então, cada um possui um cofrinho com o número de moedas que representa o número de meses que ele colabora com a BuyCo.
  • A empresa realiza Happy hours mensalmente.
  • Festas temáticas, como por exemplo: Happy Hour de Primavera, Festa Junina, Festa de Final de Ano, etc.
  • O megafone é usado por colaboradores anunciando quando acontece alguma venda.
  • Cartão Flash que o colaborador pode usar em qualquer estabelecimento.
  • Possibilidade de visitar eventos de empreendedorismo, dentre outros temas.
  • Valorizei: os colaboradores são incentivados a enviar recados uns para os outros, com o objetivo de valorizar alguma ação que condiz com algum valor da empresa. O colaborador deve marcar qual valor ele identificou na ação do outro colaborador e escrever uma pequena mensagem valorizando isso! O colaborador que mais receber valorizeis de determinado valor se torna guardião daquele valor e recebe um prêmio. Cada guardião fica responsável por aquele valor e pode tirar possíveis dúvidas e propagar aquele valor para os demais funcionários.
  • E por fim, pequenas demonstrações no escritório, como por exemplo, pasta de dente e desodorante nos banheiros, caixa com remédios, etc.

Conclusão

A BuyCo. também é uma das empresas que busca incentivar, motivar e engajar seus colaboradores por meio de ações que reforçam sua cultura, dessa forma, os colaboradores se sentem mais conectados com a empresa e com seu propósito. A BuyCo. acredita em cada um de seus colaboradores e quer vê-los satisfeitos e engajados com seu trabalho, com as pessoas do time e com a empresa, no geral. A cada ano, a BuyCo. busca melhorar a experiência do colaborador, por isso, ela realiza pesquisas de satisfação para medir o nível de satisfação dos colaboradores e ela investe na cultura, e também busca formas de reforça-la e melhora-la.

Se você chegou até aqui e se ainda não criou uma comunidade dentro da sua empresa, porque não implementar isso? Aos poucos, a cultura vai ganhando força e em consequência, o senso de comunidade também. Dessa forma, os colaboradores se sentirão mais pertencentes ao ambiente e irão se empenhar mais para os objetivos e metas do negócio.

Como a BuyCo. Pode Te Ajudar Hoje?Como-a-buyco-pode-te-ajudar

Se você for realizar alguma operação de compra, venda ou fusão de empresas, o Valuation será indispensável para qualquer tipo de negociação. Mas, não se esqueça, conte com a ajuda de profissionais especializados em Valuation, para ajudar nesse processo, do início ao fim!

Conte com a BuyCo. para fazer o Valuation do seu negócio. A BuyCo. conta com o suporte de especialistas, que te ajudarão a desenvolver o Valuation do seu negócio! Além de gerar o valor justo da sua empresa, o Valuation contém análises profundas sobre o negócio, e com ele é possível obter dados muito relevantes, como por exemplo, o histórico da empresa, a saúde financeira e outros detalhes sobre o negócio e ter visões mais estratégicas a partir disso.

Nossos consultores podem te assessorar ao longo de todo o processo de avaliação da sua empresa. O Valuation será muito importante para você entender melhor sobre o seu negócio. Com o laudo Valuation em mãos, as partes também poderão entender melhor como o negócio está operando e tomar decisões melhores. E afinal de contas, sem um laudo, sua empresa não vale nada, certo? Portanto, é de suma importância fazer uma avaliação da sua empresa. Então, faça uma agora mesmo! Para saber mais, basta clicar aqui e entrar em contato!

Além disso, a BuyCo. têm um método próprio, para estimar quanto vale sua empresa, em apenas 5 minutos e de forma digital, segura e gratuita. Para saber mais clique no botão abaixo:

ACESSAR A CALCULADORA DE VALUATION

O poder das Feiras e como elas podem Impulsionar o Seu Negócio

Calculadora de Valuation GRATUITA – O que é e para que serve?

Como vender posto de combustível de forma rápida e segura?