Banner Blog

Revolucione seu conhecimento.

Prazo Médio de Pagamento e Recebimento: qual a diferença?

prazo-medio-de-pagamento-e-recebimento

Se você é vendedor, provavelmente sabe como funcionam as vendas, muitas das vezes, para uma venda acontecer, ela precisa ser negociável. No entanto, nesse caso o lado vendedor negocia o prazo médio de pagamento com o comprador. No artigo de hoje, vamos explicar o que são Prazo Médio de Pagamento e Recebimento, conhecidos também como ‘PMP’ e ‘PMR’.

Você já conhecia esses termos? E sabe como usá-los? Então, continue lendo para saber mais. Vamos lá?

O que é prazo médio de pagamento e recebimento?

Em gestão de empresas, controle financeiro e controle do fluxo de caixa de empresas, usa-se muito os termos prazo médio de pagamento e recebimento. Por isso, é importante você saber o que eles significam e para que servem.

Prazo médio de pagamento prazo-medio-de-pagamento-e-recebimento

Conhecido também como PMP, é o tempo médio em dias, entre a data que foi feito a compra e a data em que foi feito o pagamento propriamente dito.

Imagine a seguinte situação, um negócio vende roupas e possui diversos fornecedores. O prazo médio de pagamento é o tempo médio em dias, que a empresa irá demorar para pagar esses fornecedores. Nesse caso, o prazo médio de pagamento quanto maior for, melhor será para a empresa, ou melhor, para o caixa da empresa.

Já que nessa situação, prolongando o tempo médio de pagamento para o fornecedor, a empresa pode vender o produto, receber por ele e pagar o fornecedor com esse mesmo dinheiro.

Nesse exemplo ainda, imagine que a empresa compre com o Fornecedor 1 no dia 21/03 e o pagamento só aconteça mesmo no dia 14/04, o prazo em dias foi de 24 dias.

O prazo médio de pagamento calcula-se da seguinte fórmula:

PMP = Soma de (todos os prazos de pagamento x valor das obrigações) / soma dos valores das obrigações

Nesse sentido, o lado vendedor irá somar todos os prazos de suas compras com os fornecedores e os valores.

Após, ele colocará na fórmula para obter a média, em dias, que a empresa pagará suas dívidas.

E nesse cálculo, ainda, não são somados todos os gastos da empresa, mas sim todos os gastos que ela teve com as compras de mercadoria, como no caso da situação acima, a empresa precisa calcular apenas os gastos que teve com os fornecedores.

Prazo médio de recebimento

Conhecido também como PMR, o prazo médio de recebimento é o tempo médio, em dias, entre a venda feita e o recebimento do dinheiro. Ou seja, é o tempo que a empresa vai demorar para receber o dinheiro.

O prazo médio de recebimento é um atrativo para vender mais, já que você com ele você estende o prazo de pagamento para clientes. Mas estender o tempo em que os clientes irão pagar vai afetar diretamente no fluxo de caixa do negócio.

Assim, quanto menor for o prazo médio de recebimento, melhor para o fluxo de caixa da empresa e, quanto maior for, pior é para o fluxo de caixa da empresa.

Vamos imaginar a seguinte situação, a empresa vendeu no dia 01/04 e recebeu o dinheiro de fato no dia 26/04, nesse exemplo, o prazo médio de recebimento foi de 25 dias.

O prazo médio de recebimento calcula-se assim:

PMP = Soma de (todos os prazos de pagamento x valor das vendas) / soma dos valores das vendas

Nesse sentido, a empresa irá calcular todos os prazos de suas vendas com os clientes e os valores. Depois, colocará na fórmula para obter a média, em dias, que a empresa receberá o dinheiro de suas vendas.

prazo-medio-de-pagamento-e-recebimentoPara que servem esses prazos?

Os dois servem para controlar o tempo em que o dinheiro não é recebido. Quanto menos tempo esse dinheiro demorar para ser recebido, melhor será para o negócio. E assim, com esse tempo sendo monitorado, a empresa consegue tomar medidas, enquanto não recebe esse dinheiro.

Esses dois prazos são bons indicadores para a empresa analisar em quanto ela irá pagar ou receber, mas como funcionam esses valores de prazo médio de pagamento e recebimento na prática?

Será um bom indicador se o prazo médio de pagamento for maior do que o de recebimento, mas caso contrário, é importante tomar cuidado, já que nesse caso o seu fluxo de caixa pode ficar vazio.

Imagine que uma empresa esteja com o PMP de 12 e o PMR de 30, isso significa que ela precisará administrar seu negócio com dinheiro externo por 18 dias.

Então, a empresa irá precisar se planejar e controlar suas finanças, de forma que esses dias sem receber não gerem prejuízos. Esses valores também podem ser úteis para a empresa se prevenir de possíveis inadimplências. Em casos assim, a empresa precisa alinhar datas de pagamento, para que ela não fique no prejuízo.

Além disso, a empresa pode avaliar se estender o prazo é realmente uma boa ideia, já que estendendo o prazo pode afetar o fluxo de caixa, então, em alguns casos, oferecer descontos pode ser bem mais benéfico e o cliente conseguirá pagar a vista!

Muitas vezes os valores do PMP e PMR não são suficientes para a gestão de empresas, é necessário ter mais dados e informações sobre outros fatores, para verificar sobre o fluxo de caixa.

E você pretende buscar soluções para a sua empresa?

Se você pretende comprarvender ou avaliar sua empresa, a BuyCo. pode te ajudar! 

A BuyCo. possui um método próprio, baseado em algoritmos, para responder quanto vale sua empresa em apenas 5 minutos e de forma digital, segura, rápida e gratuita. Para saber mais clique no botão abaixo:

ACESSAR A CALCULADORA DE VALUATION

relaçao-contratual-no-mEa

Relação Contratual no M&A: Documentos Precisos

calculadora-de-valuation-vale-a-pena

Por Que a Calculadora de Valuation Vale a Pena?

Contabilidade

Contabilidade: Dicas Para o Seu Negócio!