Banner Blog

Revolucione seu conhecimento.

Quero Transformar O Meu Hobby Em Negócio E Agora?

Negocio-e-hobby

Se você é empreendedor, provavelmente já pensou em transformar seu hobby em um negócio, certo? E alguns empreendedores ainda vão além e realmente montam seus negócios, baseando naquilo que mais gostam de fazer no tempo livre. Isso é algo muito comum no mundo do empreendedorismo e pode trazer muito retorno. No entanto, mesmo que o seu hobby tenha sido transformado em negócio, você não deve trata-lo como um passatempo!

Você sabe a diferença entre um negócio e hobby? Nesse artigo vamos te explicar isso e exemplificar alguns cases que deram certo!

Então, vamos lá? Boa Leitura!

Diferença Entre Negócio e HobbyDiferença-Entre-Negocio-e-Hobby

O hobby, também chamado de passatempo, é uma forma de aproveitar o tempo livre, fazendo algo que gostamos ou consideramos interessante. Já o negócio, é algo que demanda tempo, muita dedicação, esforço e persistência! Além disso, é preciso aprender um pouco de cada coisa, para saber aplicar no inicio do negócio, e enfim, colocar as mãos na massa.

Você pode ter um CNPJ, processos e produtos, no entanto, se não houver vendas, não é um negócio e sim um hobby! Transformar o seu negócio em hobby pode ser uma boa ideia, para pessoas que estão desmotivadas com a carreira atual, ou pessoas que queiram trabalhar com algo que sejam apaixonadas.

No entanto, é importante se perguntar antes, se você realmente gostaria de transformar o seu hobby em trabalho. Afinal de contas, algo que você fazia nas horas vagas e de forma despretensiosa vai se tornar algo que você irá precisar conduzir a maior parte do tempo, além de demandar muitas obrigações e dedicação!

Em síntese, empreender não é uma tarefa fácil, então não confunda seu negócio com seu hobby! Além disso, para empreender é preciso que você tenha ou desenvolva uma veia empreendedora. Nesse sentido é importante entender também quais são suas características empreendedoras e por fim, qual seu perfil empreendedor.

A BuyCo. possui um Teste de Perfil, um relatório que tem o objetivo de ajudar você no conhecimento de suas qualidades empreendedoras. Ficou curioso? Para conhecer e realizar nosso Teste de Perfil, basta clicar no botão abaixo:

ACESSAR TESTE DE PERFIL BUYCO

Como-transformar-o-Hobby-em-Negócio

Como Transformar o Hobby em Negócio?

Como podemos perceber, existem muitas diferenças entre um negócio e hobby, afinal de contas, o negócio é algo trabalhoso. No entanto, isso não significa que o seu hobby não possa ser transformado em negócio! Muito pelo contrário, alguns empreendedores já fizeram isso e se deram muito bem no mercado. O Brasil é um dos países que mais empreende no mundo e muitos dos empreendedores brasileiros optam por empreender com algo que já possuem afinidade.

Mas, você deve estar se perguntando, como transformar o Hobby em Negócio? Preparamos pra vocês algumas etapas importantes, que devem ser seguidas para transformar o seu hobby em um negócio.

Se você é o tipo de empreendedor que deseja transformar o seu passatempo em um negócio, então provavelmente você já está namorando essa ideia a um tempo. Mas, após tomar essa decisão, você precisar ter um direcionamento do que fazer adiante.

O primeiro passo é tirar seu projeto do papel!

Nessa etapa, você pode pesquisar os modelos e propostas de negócio, do nicho escolhido, que estão dando certo na sua cidade ou em localidades que ainda não possuem esse produto/serviço. Dessa forma, é importante entender a relevância e a popularidade do tipo de empreendimento escolhido, avaliar quais serão as exigências do negócio, porque talvez seja preciso contratar colaboradores para exercer certas funções ou até mesmo, se unir com sócios que possuam perfis complementares ao seu. Além disso, é preciso estudar o mercado local e geral, mesmo que brevemente, verificar se existe demanda pelo produto ou serviço, pensar em possíveis concorrentes, etc.

Iniciar um negócio já é algo difícil, e mantê-lo é ainda mais, então, planeje-se!

Portanto, a segunda etapa é sobre o planejamento do negócio! Você já escolheu em qual segmento atuar e conseguiu visualizar a ideia do negócio com clareza, então chegou a hora que o planejamento se faz necessário.

Nessa etapa é de suma importância realizar um Plano de Negócios. A intenção do plano de negócios é que você responda uma série de perguntas, relacionadas ao negócio. Essas perguntas também irão ajudar você a entender melhor o seu próprio negócio e tirar possíveis dúvidas. Dessa forma, você irá antecipar dúvidas, e ter mais conhecimento para lidar com os desafios antes mesmo que eles apareçam.

Os profissionais do Sebrae, costumam dizer que “o plano de negócios é o instrumento ideal para quem quer maiores condições de sucesso e segurança.”

O plano de negócios deve ter:

  • a definição do produto ou serviço que o seu negócio irá ofertar;
  • pensar sobre a concorrência, analisar esses concorrentes e pensar o que o seu negócio têm para se diferenciar no mercado;
  • estudar afundo o público alvo e entender seus hábitos, principalmente os de consumo; 
  • detalhar informações sobre os clientes em potencial;
  • pensar em um local; permissões públicas para locação, questões legais do negócio;
  • planejar quais serão as demandas do negócio, quais serão os funcionários necessários e como fará a contratação das pessoas;
  • estudar a quantia total necessária para investir nesse negócio – é importante considerar capital de giro para os primeiros meses e também as taxas para abrir uma empresa;

É importante passar por todos esses pontos no plano de negócios, apesar de ele não ser obrigatório ou exato, ele irá ajudar a entender melhor o negócio como um todo e evita alguns danos, que podem acabar desgastar o empreendedor que está apenas começando. Assim, o plano de negócios pode evitar grandes prejuízos!

Estudar gestão é um outro passo que não pode faltar na hora de transformar o seu hobby em negócio!

Entender bem a gestão de um negócio é um grande desafio, nesse sentido, entender a estrutura da empresa, estudar o mercado externo e buscar novas informações para enriquecer a gestão ou trazer melhorias para o negócio.

Antes de colocar a mão na massa, realmente, o ideal é testar a experiência antes.

Negócios baseados em hobbies são capazes de operar em uma base limitada no início. Em outras palavras, o negócio está apenas começando e nesse momento o ideal é começar pequeno! Se com o tempo, uma base sólida de clientes foi desenvolvida e a capacidade de assumir novas tarefas e oportunidades aumentar, é bem provável que o negócio esteja capaz de crescer mais e futuramente terá sucesso em uma escala plena!

Por fim, você transformou o seu hobby em negócio e é hora de tratar o seu negócio como um empreendimento! Assim, separe e dedique horas ao negócio, separe as finanças pessoais das finanças da empresa, monitore os custos e lucros, converse com um consultor financeiro e estruture o tipo de negócio que mais faça sentido para você e seu empreendimento e prepare a papelada necessária!

Cases de Empreendimentos Que Transformaram o Hobby em Negócio e Deram Certo!Cases-Empreendimentos-Transformaram-Hobby-em-Negocio-e-Deram-Certo

Alguns casos são empreendedores que estavam insatisfeitos com a carreira e decidiram empreender com aquilo que mais gostam de fazer, como forma de ter mais motivação na vida profissional.

Em alguns outros casos, o processo de transformar o hobby em negócio aconteceu quase por acaso. A ideia de transformar um negócio em hobby é justamente trabalhar com algo que gosta e isso com certeza irá gerar mais motivação, além de ter outros benefícios.

Por isso, separamos alguns Cases de Empreendimentos Que Deram Certo.

1. CineMaterna

Irene Nagashima, fundadora do CineMaterna, sempre foi apaixonada por assistir filmes. No entanto, quando ela se tornou mãe, ela sentiu falta de um dos seus maiores hobbies, que era ir ao cinema assistir filmes. “Eu estava em todas as mostras, ia ao cinema de duas a três vezes por semana. Meu filho mamava no peito, e eu não tinha babá. Desabafei com outras mães, e uma delas propôs de irmos a uma sessão junto com os bebês. Foi maravilhoso.” conta Nagashima.

Ao decorrer de encontros de mães ao cinema, que ocorriam com certa frequência, Irene se encontro em um dilema, ou ela deixava seu trabalho para continuar assumindo os encontros ou ela assumia isso como seu novo trabalho, e foi exatamente isso que ela fez! O CinemaMaterna organiza sessões de cinema para mães ou pais, com bebês de até 18 meses, e as salas de cinema são adaptadas para serem amigáveis para os bebês, como por exemplo, possui ar condicionadores mais suaves, trocadores de fralda, luzes levemente acesas, etc.

De forma ocasional, Irene uniu a coisa que mais gostava de fazer com uma necessidade que percebeu em si mesma, como também em outras mães, assim, ela pode criar organização, apesar de ser fins lucrativos, já atua em mais de 50 cidades e 100 complexos de cinema, de norte a sul do Brasil.

2. Site Omelete

Os designers, Érico Borgo e Marcelo Forlani, sempre tiveram gosto por histórias em quadrinhos. Quando trabalharam juntos em uma empresa publicitária, a empresa solicitou que os colaboradores idealizassem uma proposta de site e vendessem a ideia para a empresa do segmento proposto.

Assim, surgiu a ideia de montar um site de conteúdo para “vender e ficar rico”, nas palavras do próprio Érico. Os dois designers decidiram fazer o site sobre quadrinhos e cinema, já que eram dois hobbies que os designers compartilhavam, além disso, não existia nenhum portal brasileiro desse gênero. Infelizmente, a empresa não ‘’comprou a ideia’’, mas isso não os impediu. Seis meses depois o ‘protótipo’ do Omelete nasceu, à parte da empresa na qual trabalhavam.

3. Mr. Cheney

A oportunidade nasceu quando Lindolfo Paiva, que sempre teve gosto pela cozinha, conheceu Jay Cheney e se tornou grande amigo do americano, que ensinou uma receita de cookies americanos. O brasileiro e sua esposa, Elida, amantes da cozinha, passaram a preparar o doce para amigos e familiares, mas não contavam que os biscoitos fariam tanto sucesso. “Os elogios eram muitos, as pessoas pediam para fazermos de novo, tinha até gente que queria comprar. Aí percebemos que era uma oportunidade interessante” afirma Lindolfo.

Foi a partir disso que o empreendedor enxergou ali uma oportunidade. O nome Mr. Cheney foi em homenagem ao amigo americano e a loja já possui 80 franquias, oferecendo cookies de qualidade com um toque caseiro. A empresa já fatura mensalmente R$ 75 milhões e a amizade com o americano permanece, mas o amigo não teve interesse em entrar nos negócios “Ele sempre nos auxiliou por amizade mesmo. Cheney é professor de golfe e gosta da vida que leva”, conta o empreendedor. Por outro lado, Lindolfo conseguiu unir sua paixão pela cozinha e uma receita valiosa que rendeu belos frutos.

Conte-com-a-BuyCoConte Com a BuyCo. Para Te Ajudar!

Se você for realizar alguma operação de compra, venda ou fusão de empresas, o Valuation será indispensável para qualquer tipo de negociação. Mas, não se esqueça, conte com a ajuda de profissionais especializados em Valuation, para ajudar nesse processo, do início ao fim!

Conte com a BuyCo. para fazer o Valuation do seu negócio. A BuyCo. conta com o suporte de especialistas, que te ajudarão a desenvolver o Valuation do seu negócio! Além de gerar o valor justo da sua empresa, o Valuation contém análises profundas sobre o negócio, e com ele é possível obter dados muito relevantes, como por exemplo, o histórico da empresa, a saúde financeira e outros detalhes sobre o negócio e ter visões mais estratégicas a partir disso.

Nossos consultores podem te assessorar ao longo de todo o processo de avaliação da sua empresa. O Valuation será muito importante para você entender melhor sobre o seu negócio. Com o laudo Valuation em mãos, as partes também poderão entender melhor como o negócio está operando e tomar decisões melhores. E afinal de contas, sem um laudo, sua empresa não vale nada, certo? Portanto, é de suma importância fazer uma avaliação da sua empresa. Então, faça uma agora mesmo! Para saber mais, basta clicar aqui e entrar em contato!

Além disso, a BuyCo. têm um método próprio, para estimar quanto vale sua empresa, em apenas 5 minutos e de forma digital, segura e gratuita. Para saber mais clique no botão abaixo:

ACESSAR A CALCULADORA DE VALUATION

Mercado de Fusões e Aquisições (M&A) para 2024 – Perspectivas e Oportunidades

Educação em Transformação: O Mercado Bilionário de Compra e Venda de Redes de Escolas

Estratégias de Crescimento Empresarial: Transformando Concorrentes em Aliados